OPINIÃO: Lulapetista - um déspota e suas alucinações e a "Síndrome perturbadora chamada Bolsonaro"


Por Taciano Medrado

Uma “Síndrome chamada Bolsonaro" continua a  assustar e tirar o sossego do Lulapetista vingativo e revanchista. Ou ele não consegue esquecer o nome do ex-presidente ou fica buscando arranjar desculpas para o futuro desgoverno que já começou. Nunca vi na história política do Brasil, em apenas 17 dias um mandatário cometer tanta insanidade e assinar tantos “revogaços”. O petista de nove dedos se perde na sua própria idiocracia e não percebe.

Basta pegar um microfone e a sombra do nome Jair Bolsonaro lhe incomoda, somente a psicologia para explicar esse fenômeno, como eu não sou das área me reservo apenas a ficar no “achismo”.  

Nessa quarta-feira, o descompassado e fragilizado psicologicamente Lulapetista, como bem disse Ciro Gomes  no debate presidencial, na tentativa de colocar uma  "Cortina de fumaça” no trágico início de seu  terceiro mandato,  volta a acusar, sem provas, o ex-presidente Bolsonaro  de participar de um suposto golpe tomado por  suas alucinações,  carregadas de senilidade,  ainda tem o despudor de insinuar que Bolsonaro esperava voltar dos Estados Unidos e reassumir o poder após um suposto  golpe.

Na realidade o povo brasileiro e o pais está entregue a um mandatário que só pensa em vingança e é promovedor de mais lenha no enorme incêndio  pelo qual o país já está passando. E o pior, não enxerga um palmo á gente do nariz e reconhece de que ele, o Lulapetista, é quem está criando e alimentando o ódio e ajudando a dividir ainda mais o pais. Fale de pacificação somente de boca para fora achando que toda população brasileira é igual aos "1d10t1z4d05 " militantes petistas e comunistas. 

Acusar Bolsonaro  de tentar o  golpe para retomar ao poder sem que que ele estivesse sequer em terras brasileiras é no mínimo leviano, insano e doentio. Na verdade a estratégia de Bolsonaro de viajar antes de encerrar o mandato para os EUA destronou todo projeto dos esquerdistas e lulapetistas e dos togados,  de incrimina-lo e acusa-lo de incentivador dos atos que se sucederam no pais, essa é a grande revolta do petista “nine fingers”.

Depois de dizer que não confiava nos militares e ter recebido crítica dorte do Ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) no governo Michel Temer, o general Sérgio Etchegoyen, Reveja a materia , o Lulapetista recua e  em entrevista à sua apoiadora contumaz,  Globonews, prometeu se reaproximar dos militares, mas quer as Forças Armadas despolitizadas. 

Mas atacou a Polícia Militar do Distrito Federal acusando de ter sido negligente e afirmou que os serviços de inteligência das Forças Armadas e da Presidência não funcionaram para evitar os atos do dia 8 de janeiro, quando os prédios do Palácio do Planalto, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal foram invadidos e depredados.

Com o não poderia deixar de ser, reiterou seu pensamento maquiavélico, novamente acusando, sem provas, de que Bolsonaro sabia de tudo.

“Fiquei com a impressão que era o começo de um golpe de estado. Me dava a impressão de que Bolsonaro sabia de tudo o que estava acontecendo e estava esperando voltar para o Brasil na glória de um golpe”, disse o petista.

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS