JUAZEIRO-BAHIA: Ministro confirma à prefeita Suzana Ramos obras da Travessia Urbana de Juazeiro para o segundo semestre de 2021. Veja vídeo!

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, confirmou que o governo federal dará início às obras da Travessia Urbana de Juazeiro ainda este ano. A declaração ocorreu nesta segunda-feira (14), na presença da prefeita Suzana Ramos, durante passagem da comitiva do governo pela região.

"Os investimentos na Travessia Urbana de Juazeiro acontecerão este ano. Já estamos com o projeto executivo pronto e devemos encaminhar para o Congresso um Projeto de Lei Orçamentária para abrir a rubrica e colocar recursos. A gente quer começar essa obra no segundo semestre de 2021", afirmou o ministro, que estava acompanhado do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho.

Por sua vez, a prefeita Suzana Ramos agradeceu a atenção que o Governo Federal está dando para Juazeiro e destacou que a Travessia Urbana trará desenvolvimento para toda a região.

"A Travessia Urbana está mais próxima de se tornar realidade, uma obra que vai gerar emprego e desenvolvimento, não só para nossa cidade, mas para o Vale do São Francisco. Estou muito feliz e grata ao governo federal pela sensibilidade em atender nosso pleito", destacou Suzana.

Projeto

O projeto da Travessia Urbana prevê a duplicação da área urbana da BR-407, no trecho entre a rotatória do Mercado do Produtor de Juazeiro até a Ponte Presidente Dutra, com a ampliação das faixas de rolamento, além da construção de viadutos e alças de acesso, entre outras melhorias.

Texto: Edísia Santos - Ascom/Suzana Ramos/PMJ

Fernanda Barros - Secretária de Comunicação de Juazeiro



Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

JUSTIÇA ELEITORAL: Contra voto impresso, Barroso busca caciques do Centrão e da oposição

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, tem buscado apoio de dirigentes de partidos do Centrão e da oposição para evitar a aprovação da PEC do “voto impresso” pelo Congresso Nacional. As informações são da coluna Igor Gadelha do Metrópoles.

Só nas últimas duas semanas, Barroso falou com lideranças de mais de 10 partidos. Na última terça-feira (8/6), por exemplo, recebeu no TSE para uma reunião conjunta os presidentes nacionais de MDB, PSDB e DEM.

No mesmo dia, Barroso se reuniu, de forma separada, com os presidentes do Republicanos e do Podemos e com o deputado federal Orlando Silva (SP), uma das principais lideranças nacionais do PCdoB.

O presidente do TSE também se encontrou, nas últimas duas semanas, com o presidente do PSD, Gilberto Kassab, e com os deputados federais Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Alex Manente (Cidadania-SP).

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

PETROLINA-PE: Miguel Coelho e ministro da Infraestrutura inauguram viaduto da Sete de Setembro

 

Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, cumpre agenda em Petrolina nesta segunda-feira (14). Junto com o prefeito Miguel Coelho, o ministro vai inaugurar o viaduto da Avenida Sete de Setembro, na entrada do bairro da Areia Branca. A solenidade está prevista para começar às 10h.

O novo viaduto integra uma das maiores obras de mobilidade da história de Petrolina. Na primeira etapa, a avenida Sete de Setembro foi duplicada e ganhou iluminação em LED. A segunda fase foi a construção de dois viadutos. Ambas as estruturas possuem 600 metros de extensão por 7,5 metros de altura. O viaduto a ser entregue é o que liga o bairro da Areia Branca ao José e Maria. O outro, que conecta o Antônio Cassimiro ao bairro KM-2, deve ser concluído em setembro.

Roteiro - a primeira agenda do ministro Tarcísio Freitas e do prefeito Miguel Coelho será uma visita às obras de duplicação da BR-428, às 9h45. Logo após, a comitiva seguirá para o viaduto, onde ocorrerá a entrega simbólica da estrutura e liberação para o trânsito. A agenda do ministro em Petrolina encerra com uma entrevista coletiva às 10h30 numa área próxima ao viaduto.

Reforçando:

10h - inauguração do viaduto

 10h30 - entrevista coletiva do ministro

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS: DEMOCRACIA NO MUNDO - ‘Extremista’: Rússia equipara Navalny a Al Qaeda, EI e Testemunhas de Jeová

 

(Foto: Divulgação/Evgeny Feldman)
Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

Aliados do político, preso desde janeiro, disseram ao “The Guardian” que temem uma repressão tão forte quanto a que existe contra o grupo religioso, hoje classificado por Moscou como uma “seita perigosa” e cuja nomenclatura é proibida no país desde 2017.

“Se deixarmos do jeito que está, sem dúvida haverá processos criminais em massa contra todos os membros da nossa sede”, disse Leonid Volkov, aliado de Navalny. “Depois das Testemunhas de Jeová, vimos o que eles podem fazer”.

Moscou iniciou uma campanha de perseguição a todos os membros e ex-funcionários da Fundação Anticorrupção. Até ser proibida, em abril, a entidade reunia diversos escritórios em toda a Rússia.

Na quinta (11), um tribunal de Moscou oficializou a classificação da organização como “extremista”, posição que coloca o grupo ao lado de organizações como Al Qaeda e Estado Islâmico.

Perseguição religiosa

O mesmo aconteceu em 2017 com as Testemunhas de Jeová. Anos antes, autoridades regionais já invadiam reuniões e prendiam sacerdotes, enquanto agentes secretos coletavam evidências sobre o grupo.

Em 2015, 16 membros do grupo religioso foram acusados de extremismo depois que agentes se infiltraram e gravaram reuniões de oração em Taganrog, na região do mar de Azov. A partir de então, julgamentos em massa contra o grupo deram escopo a prisões de congregações inteiras durante batidas policiais.

Dez anos de prisão

Os primeiros relatos de tortura vieram em 2019, quando membros de uma igreja de Surgut relataram choques elétricos e sufocamento em um interrogatório. A repressão se espalha por mais de 60 das 85 unidades federais da Rússia.

Desde 2017, mais de 100 Testemunhas de Jeová foram condenadas por proselitismo. Cerca de 30 deverão ficar na prisão por até sete anos e meio. A perseguição fez com que boa parte dos cerca de 175 mil membros do grupo religioso deixassem o país.

As acusações sobre o grupo se encaixam na dura legislação anti-extremismo. A pena máxima de prisão é de dez anos para organizadores e até oito para recrutadores. Em nota, Navalny prometeu proteger seus partidários. “Não somos um nome ou escritório. Não vamos recuar de nossos objetivos”, escreveu.

 Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

‘AUXÍLIO EMERGENCIAL CULTURAL AFONSO CONSELHEIRO’ : Prefeitura de Juazeiro adia início do cadastro para concessão do benefício

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

Segundo nota publicada pela assessoria de imprensa da prefeitura municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte), na manha dessa segunda-feira(14), a mesma  informa que adiará o início do cadastramento de artistas e trabalhadores da cultura para concessão do ‘Auxílio Emergencial Cultural Afonso Conselheiro’. 

Ainda segundo a nota, a medida acontece em virtude da necessidade da publicação de um decreto, no qual estará descrita toda a documentação necessária para inscrição no processo, bem como o formato de avaliação dos candidatos. O documento deve ser publicado em Diário Oficial nos próximos dias.

O cadastro será online e a etapa será imprescindível para a concessão do benefício. O link para o formulário eletrônico estará disponível no site da Prefeitura de Juazeiro (www.juazeiro.ba.gov.br). Mais informações através do telefone (74) 3613-0654.


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

ECONOMIA: Mercado do Produtor de Juazeiro divulga cotação desta segunda-feira

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

O Mercado do Produtor de Juazeiro divulgou a cotação dos produtos comercializados no entreposto nesta segunda-feira (14). Os valores apresentados são obtidos através de pesquisa diária no mercado, que funciona de segunda a sexta-feira (das 2h às 22h) e aos sábados (das 2h às 17h) e aos domingos à partir das 21h.

O consumidor que for ao Ceasa ao longo do dia pode encontrar Abóbora Comum por R$ 2,50 o Kg; Aipim/Macaxeira por R$ 33,50 a caixa com 25kg; Batata-Doce por R$ 60,00 o saco com 28kg; Tomate 1ª por R$ 70,00 a caixa com 26kg; Acerola por R$ 37,50 a caixa com 20kg e Banana Prata 1ª por R$ 20,00 o Cento. 

Para ver a cotação completa segue em anexo. CLIQUE AQUI


Texto: Welington Alves - Assessor de Imprensa da AMA


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

 

Compartilhe:

JUAZEIRO-BAHIA: Prefeitura estimula a doação de sangue

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

No Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado nesta segunda-feira (14), a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), aproveita a data para reforçar o incentivo à doação, um gesto de amor ao próximo.

Este ano, a Sesau já realizou campanhas internas e levou, em abril, muitos doadores de sangue ao Hemocentro da Bahia (Hemoba), através de parceria com a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT).

Os primeiros doadores foram os secretários das pastas. Fernando Costa, da Saúde, é médico e entende muito bem a necessidade de manter no Hemoba um estoque suficiente de sangue para atender as demandas não somente dos pacientes de Juazeiro, mas de várias da região norte. “É importante estimular sempre a doação de sangue porque muitos pacientes que necessitam de cirurgia, pacientes oncológicos,  precisam do sangue e dos seus componentes. Doar é um gesto de solidariedade”, destacou Costa

O  servidor da Sesau, Luiz Fernando Lima, se tornou doador de sangue na campanha realizada pela secretaria. “Pensei em quantas pessoas eu posso ajudar doando sangue. É um sentimento muito bom poder doar e vou continuar doando”, ressaltou Luiz Fernando

Saiba como doa

Para doar basta estar saudável, ter entre 16 e 69 anos, pesar pelo menos 50 quilos e não ter ingerido bebida alcoólica 12h antes da doação. É importante ter dormido bem e estar bem alimentado no dia da doação.

Impedimentos para a doação

A pessoa que está resfriada deve aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas. Mulheres grávidas não podem ser doadoras durante a gestação e nem no período de  90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana. Também não devem doar durante a amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).

Os doadores que apresentaram infecção pela Covid-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos).

Para quem fez tatuagem, maquiagem definitiva e micropigmentação (sobrancelhas, lábios, etc.) nos últimos 12 meses a doação não é possível e situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, é importante esperar  12 meses para doar sangue.

Hemoba Juazeiro

O Hemoba fica localizado ao lado do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no bairro Santo Antônio, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 16h30. A doação pode ser agendada através do número (74) 3611-7532.

Texto: Maria Lima - Assessora de Imprensa da Secretaria de Saúde


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Hidroxicloroquina, novos estudos e jogo político. A ciência venceu?


Da 
  Redação
Por: Taciano Medrado 

Site médico publica pesquisa que revela um aumento de 200% na sobrevida de pacientes tratados com hidroxicloroquina e azitromicina

Recentemente, o site médico medRxiv publicou um estudo observacional que revela que o tratamento com o medicamento antimalárico, a hidroxicloroquina, aliado à azitromicina e ao zinco, pode aumentar a taxa de sobrevivência ao coronavírus em até quase 200%.

A conclusão, que ainda será revisada por pares, se baseou em uma reanálise de 255 pacientes em ventilação mecânica invasiva durante os primeiros dois meses da pandemia nos Estados Unidos

"Descobrimos que, quando as doses cumulativas desses medicamentos estavam acima de um certo nível, os pacientes tinham uma taxa de sobrevida 2,9 vezes maior que os outros pacientes", observaram os autores do estudo realizado no Saint Barnabas Medical Center, em New Jersey.

Outros estudos, além desse, têm endossado os efeitos positivos do uso da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19. Dados publicados em dezembro do ano passado pelo International Journal of Antimicrobial Agents, por exemplo, destacaram a diminuição de 84% no número de hospitalizações entre os pacientes tratados com a droga. Outra pesquisa conduzida pela Hackensack Meridian Health, divulgada em janeiro deste ano, também encontrou resultados encorajadores em pacientes com sintomas leves que foram tratados com a hidroxicloroquina.

Medicina politizada

O uso dessa medicação como tratamento da covid-19 é extremamente defendido por alguns e contestado por outros.

A droga, aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) em 1955 para tratar e prevenir a malária, também prescrita para lúpus e artrite reumatoide, virou tema de diferentes discussões políticas.

E aí está o grande problema, politizaram a medicina! Isso aconteceu, principalmente, porque os presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro depositaram suas esperanças no medicamento

Quem não concordava com a postura ideológica desses políticos, passou a "torcer contra", afinal de contas, se a hidroxicloroquina realmente funcionasse teriam que concordar com aqueles que odeiam

Parece ridículo isso, não é mesmo? Mas, infelizmente, foi o que aconteceu e vem acontecendo durante toda a pandemia.

A médica, Nise Yamagushi, por exemplo, sempre se posicionou de forma contrária a politização do discurso. "A gente não deve politizar uma situação, criar um medo infundado na população. A gente não deve criar um pânico para uma medicação que pode estar salvando vidas. E aí as pessoas vão postergar e tomar exatamente quando já não adianta mais", observou em abril do ano passado

Após ter sido humilhada e ofendida na tal CPI da Covid (vale aqui lembrar que nenhuma feminista a defendeu) a pergunta que fica é: Nise estava certa o tempo todo, então, senadores?

Em prol da cura

Médicos renomados, como o Dr. David Uip e o Dr. Roberto Kalil Filho, por exemplo, chegaram a admitir, ano passado, o uso da hidroxicloroquina. Kalil disse, na época, em entrevista à Jovem Pan, que "mesmo sem grandes estudos, valeria a pena o uso". Ele também destacou que não dava para ficar esperando grandes pesquisas, pois o cenário era emergencial. "Daqui a um ano sai um estudo, mas aí vários já morreram".

Tudo indica que ele estava correto nessa afirmação, mas, como o circo já estava feito, a discussão pouco avançou. Os dias passaram, as mortes aumentaram, a hidroxicloroquina foi proibida e os médicos que defendiam o uso foram dispensados e censurados. Mais uma vez, quem pagou as consequências fomos nós, o povo.

É claro que esse estudo ainda será revisado. Assim como há muitas pesquisas que apontam para resultados positivos, outras apontam para resultados negativos. Ou seja, não há unanimidade sobre o que é certo ou errado. Por isso mesmo, o médico deve ter autonomia para tomar a melhor decisão a respeito do tratamento para o seu paciente, sem sofrer qualquer intervenção política

O que mais precisa acontecer para as pessoas entenderem a importância de não se deixarem manipular por esses políticos que não querem salvar vidas, mas sim interferir, visando palanque, no que os médicos devem ou não prescrever?

Vivemos uma urgência para salvar vidas! Enquanto continuarmos permitindo que o debate seja motivado por interesses políticos, o coronavírus seguirá se espalhando e minando vidas. Nós escolhemos para quem damos audiência, para uma política mal-intencionada ou para a verdadeira ciência, que quer vencer a doença.

Com informações do notícia R7

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

PLANO ANTIRRASCISTA: Carrefour fecha acordo de R$ 115 mi por morte em supermercado no Rio Grande do Sul

 


Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

Com o objetivo de pôr fim a todos os processos relacionados à implementação e execução de medidas antirrascistas e de diversidade racial, o Carrefour fechou acordo com o Ministério Público Federal e outros e irá pagar R$ 115 milhões, em decorrência do assassinato de João Alberto em uma unidade de supermercado de Porto Alegre (RS), em novembro de 2020. As informações são da Revista Consultor Jurídico

Na ocasião, a vítima, negra, foi morta por dois seguranças do estabelecimento, na véspera do Dia da Consciência Negra. O crime gerou indignação nacional e reação de repúdio entre operadores do Direito no Brasil.

Motivou também a instauração de inquérito para apurar racismo estrutural na segurança privada, além de projeto de lei criminalizando conduta de agente público ou profissional de segurança privada motivada por discriminação ou preconceito de qualquer natureza — atualmente, está aguardando parecer Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Seis pessoas foram indiciadas e denunciadas por homicídio triplamente qualificado. Foi nesse contexto que o Carrefour aceitou pagar R$ 115 milhões, em acordo fechado com o Ministério Público Federal, Ministério Público do Rio Grande do Sul, Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública da União e Defensoria Pública do RS.

O valor total será destinado a ações de combate ao racismo, estabelecidas nas sete cláusulas do acordo. Dentre elas, está o plano antirracista, inclusive em reforço e ampliação de sua política de enfrentamento ao racismo, à discriminação e à violência, bem como de promoção dos direitos humanos em todos os seus estabelecimentos em território nacional.

Procurador-geral da República, Augusto Aras elogiou a importância da atuação interinstitucional de órgãos do Estado na construção de termo de ajustamento de conduta.

“As atribuições confiadas ao Ministério Público brasileiro hão de ser preservadas ante todas as invectivas circunstancias que movem alguns a tentar contra a nossa democracia e o estado de direito que a garante por meio dos direitos e garantias fundamentais”, disse.

Segundo o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida, membro auxiliar na Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do Conselho Nacional do Ministério Público, a participação envolveu a oitiva de representantes dos movimentos negros e a elaboração e negociação das cláusulas do acordo.

“Há três aspectos que merecem destaque, além do valor milionário: a atuação institucional conjunta (MPF, MPE, MPT, DPU e DPE), a explicitação do papel das empresas e do Estado, no enfrentamento ao racismo e do papel central da educação neste processo. Vale ressaltar também a política de cotas na Universidade, nos cursos de graduação e pós-graduação”, explicou.

A promotora de Justiça Lívia Vaz destaca que o compromisso firmado é um marco na responsabilização das instituições privadas pelo enfrentamento ao racismo. “A articulação interinstitucional junto aos movimentos sociais demonstra a importância da união de esforços para a evolução da efetiva proteção dos direitos humanos no Brasil”, disse.


Clique aqui para ler o acordo



Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

MEDIDAS CORRETIVAS - Juiz dos EUA é disciplinado por desrespeitar defensoras públicas


Da 
  Redação
Por: Taciano Medrado 

O Tribunal Superior de Arkansas, nos EUA, sancionou o juiz Barry Sims com suspensão e medidas corretivas, por tratar defensoras públicas com desrespeito.

A suspensão será de 30 dias, sem pagamento, mais 60 dias suspensos condicionalmente – isto é, se ele cumprir, até o final deste ano, algumas medidas corretivas, que têm por finalidade ensiná-lo a tratar profissionalmente os advogados.

As sanções foram recomendadas pela Comissão Judicial de Disciplina e Inabilidade do Judiciário de Arkansas. As medidas corretivas, com as quais o juiz concordou em cumprir ou aderir sem contestar, são:

Fazer um curso, que o ensine a dar plena atenção, a ser paciente e civilizado, no National Judicial College, no National Center for State Courts ou em outra organização bem-conceituada de treinamento judicial; apresentar prova de frequência no curso até 31 de dezembro de 2021;

À sua própria custa, contratar um orientador psicológico ou um conselheiro pessoal para ajudá-lo a aprender como tratar profissionais que atuam em sua corte; o juiz Sims ou seu representante deverá prestar informações à Comissão Judicial sobre sua cooperação e progresso; não será necessário submeter detalhes pessoais;

Não haver mais queixas que resultem em acusações públicas ou violem a disciplina imposta neste acordo;

Saber que futuras queixas relativas à intimidação, bullying, retaliação ou hostilidade serão investigadas, porque a falha em aprender e mudar, apesar das medidas corretivas impostas neste acordo, serão incluídas como prova de intenção e de inexistência de erro [inadvertido].

A Comissão Judicial de Disciplina avaliou três queixas contra o juiz e descartou outras. As queixas em questão se referiram a episódios em que ficou aparente que ele tinha “problemas” com profissionais-mulheres:

Em abril de 2019, Sims foi “impaciente, descortês e rude com uma defensora pública”, durante uma audiência sobre um mandado de busca e apreensão sem bater à porta (no-knock search warrant). Em um certo ponto, Sims se retirou quando a defensora pública começou a interrogar uma testemunha. Quando a defensora pública estava respondendo a um protesto, Sims não permitiu a ela fazer o registro. Seu “tom de voz foi áspero” e suas “expressões faciais, atitude e ações alarmaram outros advogados e pessoas na audiência”. Não há provas, no entanto, de que a decisão final de Sims sobre o caso tenha sido injusta.

Em maio de 2019, durante a seleção do júri (voir dire) para um julgamento criminal, Sims mandou os advogados se aproximarem e fez declarações sobre a maneira que a defensora pública estava atuando. Ele perguntou à defensora pública se seu cliente tinha uma defesa e se ela aceitaria um acordo de admissão de culpa. O caso terminou em absolvição. Os comentários e atitudes de Sims foram inapropriadas e causaram a impressão de uma tentativa de forçar um acordo [para evitar o julgamento].

Durante uma audiência em outubro de 2019, Sims perguntou a uma defensora pública, em frente de todos, se ela iria fazer outra queixa judicial contra ele. Suas “palavras, tom e atitude foram intimidadores e inapropriados”. A defensora pública não havia feito uma queixa contra ele. Mas sua atitude fez os outros pensarem que ele iria retaliar se ela fizesse queixas reais ou potenciais contra ele.

O presidente da Comissão Judicial de Disciplina e Inabilidade, David Sachar, anunciou as sanções ao juiz, em que declara:

“A totalidade de sua conduta exibiu uma desconsideração com a lei, uma falha [no dever de] promover a confiança [no] e a integridade do Judiciário, bem como um comportamento pessoal que mina a integridade da corte de um juiz. Você poderia ter contestado inteiramente essas alegações. Você concordou que suas ações violaram o Código de Conduta Judicial e que isso pode ser provado”.

Em seu relatório, a comissão explicou que a sanção é definida como “uma declaração de que o juiz é culpado de má conduta”, o que é uma repreensão austera ao juiz que “viola a conduta judicial, afetando prejudicialmente a integridade do Judiciário e minando a confiança do público na administração da justiça”.

O comportamento do juiz difere da conduta da maioria dos juízes que cumprem a lei, demonstram imparcialidade, procuram ser justos, observam o decoro e rejeitam preconceitos, entre outras características.

O anúncio foi divulgado pelo Jornal da ABA (American Bar Association), Arkansas Times, Arkansas Democrat-Gazette e pelas emissoras de TV Fox 16 e KATV e replicado pela Revista consultor Jurídico.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS