ÔNUS DA PROVA CABE AO ACUSADOR: Superministro Moraes aceita pedido da PGR e inclui Bolsonaro na investigação sobre atos terroristas em Brasília


Por:  Taciano Gustavo Medrado Sobrinho

Todo o pais sabe que o grande projeto do “imparável SuperministroAlexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), é de prender o ex-presidente Bolsonaro e para isso ele e seus liados vão tentar de tudo para incriminar, e serão capazes de até mesmo forjar situações e provas. 

Sem ter nenhum motivo que o leve a seu intento, “Superministro” de uma corte de justiça, de um homem só, aproveitou um pedido  da Procuradoria-Geral da República (PGR) e incluiu o ex-presidente Jair Bolsonaro nas investigações dos atos antidemocráticos em Brasília sem nem sequer Bolsonaro está no pais.

Baseando-se em um pronunciamento dado pelo ex-presidente onde novamente, como sempre fez, questiona a lisura das eleições, o todo poderoso Moraes em mais um dos seus entendimentos equivocados,  diz haver indícios para abertura da investigação contra o ex-presidente. Resta ao “imparável’ Superministro como acusador apresentar o ônus da prova, ou será que ele também vai passar por cima da lei como sempre tem feito?

Leia os argumentos chulos e sem alicerce do precipitado magistrado:  “O pronunciamento do ex-presidente da República Jair Messias Bolsonaro se revelou como mais uma das ocasiões em que o então mandatário se posicionou de forma, em tese, criminosa e atentatória às Instituições, em especial o STF – imputando aos seus ministros a fraude das eleições para favorecer eventual candidato – e o TSE–, sustentando, sem quaisquer indícios, que o resultado das Eleições foi fraudado", escreveu o ministro. 

Em nota de defesa do ex-presidente o advogado Frederick Wassef declarou que Bolsonaro não tem relação com as manifestações e que repudia veementemente os atos de vandalismo. 

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS