Manifestantes voltam a protestar contra o resultado das eleições realizado neste sábado (10) na Esplanada dos Ministérios: com os dizeres: “O ladrão não sobe a rampa”.

Ato em Brasília contra resultado da eleição tem oração por Bolsonaro - © Fornecido por Poder360

Da Redação

Em cartazes e discursos no carro de som, o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi citado. Os manifestantes oraram pelo chefe de estado e chegaram a anunciar que a manifestação contaria com a presença do político. O ato termina às 19h e a presença do chefe do Executivo não deve comparecer, segundo apurou o Poder360.

“Coloque anjos agora a proteger aquele homem que o Senhor colocou te representando nessa nação como maior autoridade, Jair Messias Bolsonaro. Oramos pela casa dele, pela família dele e pela vida dele”, dizia a oração puxada por um locutor no alto do carro de som. 

Bolsonaro voltou a falar com apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada, na tarde de 6ª feira (9.dez), depois de mais de 1 mês em silêncio. “Estou há praticamente 40 dias calado. Dói. Dói na alma”, disse o presidente. Neste sábado, participou da formatura da Escola Naval, no Rio de Janeiro, mas não discursou.

O caminhão de som foi posicionado em frente ao Congresso depois de grades colocadas pelas forças de segurança.

Segundo os organizadores do protesto, a ideia é ficar na Esplanada até às 19h e voltar no domingo (11.dez). Em lives de manifestantes no YouTube, a justificativa para o público menor era porque o público estaria se dividindo entre a Esplanada, o Quartel General do Exército e o Palácio da Alvorada.

Nas faixas penduradas no trio elétrico era possível ler críticas ao Lulapetista com os dizeres: “O ladrão não sobe a rampa”. Em outra, um pedido para que as Forças Armadas “honrem a espada”.

Além disso, também havia recados diretos a Bolsonaro com um cartaz dizendo: “O Brasil está contigo, presidente! 27 estrelas brancas não se curvarão a uma estrela vermelha”.

O primeiro a discursar foi o jornalista Oswaldo Eustáquio, que disse que não se pode negociar com a esquerda. Segundo ele, em países como a Venezuela e Cuba nunca foi possível “tomar” o poder de volta da esquerda.

Presentes no protesto, indígenas fizeram orações e danças no meio gramado e caciques discursaram em cima do trio elétrico.

Com informações do poder 360

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS