JUAZEIRO-BAHIA: Instituto de Previdência investe na qualificação profissional dos colaboradores e segue obtendo certificações


Com o objetivo de elevar os padrões dos profissionais que atuam no seu quadro funcional, e assim garantir a oferta de um serviço de excelência aos seus segurados, o Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ) vem investindo na certificação dos seus servidores

Entre as certificações obtidas na gestão Suzana Ramos, estão: a Certificação de Gestores de Regime Próprio de Previdência Social - CGRPPS-Cpa-10 e Totum RPPS

“Em 2021 cinco funcionários do nosso quadro obtiveram o Certificado de Gestor de Regime Próprio de Previdência Social (CGRPPS – 4699), este ano seis servidores obtiveram a certificação Totum. Ainda temos em andamento outros cinco servidores se preparando para obter as certificações”, destaca o diretor-executivo do IPJ, Marcos Jorge de Sá.

CGRPPS

A certificação, que passou a ser cobrada em 2021, refere-se ao entendimento do mercado financeiro dentro do RPPS, tem o objetivo atender a necessidade de certificar os conhecimentos dos profissionais ligados ao processo de investimentos dos RPPS. A CGRPPS foi implantada pela APIMEC em parceria com a ABIPEM (Associação Brasileira de Instituições de Previdência de Estados e Municípios). Conforme resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) 3.506/2007 a CGRPPS cobra conteúdos realmente relevantes no processo de gestão de investimentos.

Totum RPPS

Para exercer a função compelida para ocupação do cargo é obrigatório ter a certificação Totum RPPS, é o que diz a portaria Nº 9.907, de 14 de abril de 2020, que estabelece parâmetros para o atendimento, pelos dirigentes, gestores de recursos e membros dos conselhos e comitês dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, aos requisitos mínimos previstos no art. 8º-B da Lei nº 9.717/98 que no seu Artigo 4º reza o seguinte:

“Art. 4º Os dirigentes da unidade gestora do RPPS, o responsável pela gestão dos recursos e os membros dos conselhos deliberativo e fiscal e do comitê de investimentos, como condição para ingresso ou permanência nas respectivas funções, comprovarão possuir certificação, conforme previsto no inciso II do art. 8º-B da Lei nº 9.717, de 1998, a qual será emitida por meio de processo realizado por instituição certificadora reconhecida (TOTUM) na forma do art. 8º desta Portaria. § 1º São 4 (quatro) os tipos de certificação: I - certificação dos dirigentes da unidade gestora do RPPS (no IPJ 5 servidores possuem esta certificação); II - certificação dos membros do conselho deliberativo; III - certificação dos membros do conselho fiscal; IV - certificação do responsável pela gestão dos recursos e membros do comitê de investimentos do RPPS (Nesse caso um servidor do IPJ possui a certificação).

Certificações no IPJ

Com a gestão Suzana Ramos os seguintes servidores do IPJ obtiveram certificações: o Diretor Executivo, Marcos Jorge de Sá Silva (nível intermediário CP RPPS DIRG II), a Superintendente, Tarsila Ramos (Nível intermediário CP RPPS DIRG II e CGRPPS), o Diretor Financeiro, Edgar Rodrigues (nível Intermediário 9 CP RPSS CG INV II e CGRPPS, a Diretora Previdenciária, Adonilde Martins (nível intermediário CP RPPS DIRG II), a Gerente, Silmara Custódio (nível intermediário CP RPPS DIRG II e CGRPPS), a Controladora Interna, Maria Rosa Rodrigues (nível intermediário CP RPPS DIRG II) e Thayla Costa, membro do Comitê de Investimento (CGRPPS).


Texto: Gardennia Garibalde – Ascom/PMJ
Foto: AscomPMJ.

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. Muito boa essa iniciativa mas sinceramente o Sr Diretor Marcos Jorge nem parece que tem certificação ou não pode tomar decisões próprias nas questões relacionadas aos que sustentam esse órgão os aposentados. Nosso restante do aumento dado em janeiro (a paridade), ele não se pronuncia, não conversa com o sindicato, enfim é mesmo que não estar no cargo. A prefeitura e Ipj não querem assumir o erro cometido com medo de que e de quem? Suzana e Sr Marcos Jorge só o que tem é professores com graves problemas de saúde e esse dinheiro que vocês nos devem pode ajudar e muito no tratamento das mesmas pois eu sou uma delas com um câncer de mama muito avançado. O dever de vocês é cuidar dos aposentados.

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS