EDIÇÃO ESPECIAL DE NATAL: Coisas sobre Maria e José que talvez você não saiba. Veja galeria de fotos!


Maria e José são os pais de Jesus - bem, pelo menos na Terra. Ainda assim, são figuras religiosas icônicas das quais muita gente realmente não conhece certos detalhes de suas vidas. Claro, todo mundo sabe que Maria era virgem quando engravidou de Jesus e que José aceitou isso no final.

Mas quais são os momentos-chave na relação entre José e Maria? E o que sabemos sobre eles como indivíduos?

Nesta galeria, nos aprofundamos nas vidas de Maria e José. Clique para saber mais sobre a Sagrada Família.

O relacionamento deles estava nos estágios iniciais quando Maria engravidou

As relações judaicas e, consequentemente, o casamento são essencialmente divididos em duas etapas: kiddushin (noivado) e nisu'in (cerimônia de casamento).

Claro, há mais camadas de complexidade nessas etapas. Mas, essencialmente, um casal já está casado aos olhos de Deus no estágio do kiddushin. Mas morar junto e  s e x o  não fazem parte desta fase.

Hoje em dia muitos casais combinam os rituais de kiddushin e nisu'in em uma cerimônia, mas naquela época a primeira fase levava muito mais tempo. O casal lia textos religiosos para se preparar para a vida como marido e  m u l h e r. E, de repente, Maria ficou grávida!

Eles quase terminaram

Não é preciso dizer que a virgindade não era apenas desejável, mas também esperada. Intervenção divina à parte, de repente aparecer grávida não era bem o que José estava esperando de Maria.

Mateus 1:19 diz: "Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente."

Mas ele acabou não se separando no final, pois foi visitado pelo anjo Gabriel que lhe disse: "Ela vai dar à luz a um filho, e você deve dar-lhe o nome Jesus, porque ele vai salvar seu povo de seus pecados." (Mateus 1:21)

Maria poderia ser apedrejada até a morte

Como mencionado anteriormente, os planos de José para deixar Maria eram para evitar expô-la à "d e s g r a ç a  pública". Maria provavelmente teria sido apedrejada até a morte se isso acontecesse.

Deuteronômio 22:21 dá um exemplo do que aconteceria a uma  m u l h e r  que fizesse  s e x o  fora do casamento (neste caso, ainda morando com seus pais): "Então levarão a moça à porta da casa de seu pai, e os homens da sua cidade a apedrejarão, até que morra; pois fez loucura em Israel,  p r o s t i t u i n d o -se na casa de seu pai; assim tirarás o mal do meio de ti."

José salvou o menino Jesus de ser morto

O Rei Herodes, ouvindo as notícias sobre o Messias, ordenou que todos os meninos em Belém fossem mortos.

Felizmente, um anjo avisou José, então ele e sua família conseguiram fugir.

Maria e José só consumaram o casamento depois que Jesus nasceu

Mateus 1:25 é bem explícito sobre isso. Lá está escrito: "E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus."

Algumas pessoas acreditam que Maria nunca perdeu a virgindade. A Bíblia menciona os "irmãos" de Jesus, mas algumas pessoas interpretam isso como uma forma de expressão e não no sentido literal da palavra.

José não era um carpinteiro comum

Muitos de nós imaginamos José como um carpinteiro. Isso reforça a ideia da origem humilde de Jesus. Mas e se ele trabalhasse mais do que apenas com madeira?

José é chamado de tektōn em grego antigo, que é a palavra usada para descrever um artesão — não necessariamente apenas um carpinteiro. De acordo com o autor Adam Bradford, José poderia ser, na verdade, um arquiteto de classe média.

Nazaré era um lugar peculiar

Maria e José nasceram em Nazaré, uma cidade que não tinha uma grande representatividade. Até Natanael (que se tornou seguidor de Jesus) disse: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? (João 1:46).

Mas a verdade é que Nazaré era realmente um lugar único. Descobertas arqueológicas revelaram que o povo de Nazaré não levou a invasão romana muito bem e estavam orgulhosos de sua herança e costumes judaicos. Talvez tenha sido por isso que Maria e José foram escolhidos por Deus, né?

Traços físicos

Jesus foi retratado inúmeras vezes como tendo cabelos e olhos claros, mas provavelmente não era o caso. E, claro, os pais dele também não eram assim. Maria e José eram provavelmente baixos e tinham um tom de pele mais escuro.

Os judeus israelenses definitivamente não se pareciam com vikings. E, dependendo do seu passado (por exemplo, se eles tivessem ancestrais egípcios), a pele poderia ser ainda mais escura.

José provavelmente ajudou Maria a dar à luz o bebê Jesus

Dar à luz um bebê naquela época era um evento de risco muito maior. Maria, em particular, estava fora de sua zona de conforto, sem parteiras e sem sua família por perto para apoiá-la. José era a única pessoa que poderia tê-la ajudado.


O parto difícil de Maria

Apesar da Bíblia não mencionar a dor do trabalho de parto, o Alcorão menciona. Na verdade, o livro sagrado do Islã dedica um capítulo inteiro à história de Maria.

O parto de Maria no Alcorão

Sura Maryam 19:23 diz: "E as dores do parto a levaram ao tronco de uma palmeira. Ela disse: 'Oh, eu gostaria de ter morrido antes disso.'"

Por que Maria veste azul?

Maria é frequentemente retratada vestindo azul. Existem algumas teorias sobre isso e, de fato, as mulheres israelitas usavam roupas coloridas. Mas a cor azul em particular não tem um fundo histórico comprovado.

Acredita-se que o uso do azul envolva pureza e proximidade com Deus. Tanto o azul quanto o branco têm sido usados no judaísmo há milênios. E azul é uma das cores do Hanukkah, entre muitas outras coisas.

José pode ter tido uma esposa antes de Maria

Em escritos apócrifos (textos que não chegaram à Bíblia) há uma menção à primeira esposa de José, Melcha.

O texto diz que José era de fato um viúvo que tinha seis filhos. Ele então se casou com uma moça muito mais jovem, Maria, depois que sua esposa morreu e se tornou o pai de Jesus na Terra.

Maria provavelmente não teve Jesus em um estábulo

A história do nascimento coloca o bebê Jesus em um estábulo, cercado por animais. Mas provavelmente não foi esse o caso.

A maioria das casas naquela época tinha dois andares, com o térreo também sendo usado para manter animais. Então não havia estábulos separados da casa, onde Maria pudesse ter tido Jesus. E então, é claro, há a teoria de que Jesus nasceu em uma caverna/gruta (onde a Igreja da Natividade em Belém foi construída). Essas cavernas eram comumente usadas como abrigos por pastores naquela época.

Fontes: (Grunge)/ Starsl insider

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS