12 de Dezembro de 2022 o dia em que uma "página negra" se escreverá na história política do Brasil



(-) Taciano Gustavo Medrado Sobrinho

O dia 12 de dezembro de 2022, uma segunda-feira, entrará para a história do Brasil como sendo o “Dia Negro” para mais de 90 milhões de brasileiros.

O “Superministro” do TSE, Alexandre de Moraes, atropelando o calendário e antecipando a diplomação eleitos no pleito de 2022, do dia 19 de dezembro para o dia 12 do corrente mês, dentre eles um descondenado que passou 580 dias presos trancafiado em uma cela na sede da Policia Federal em Curitiba acusado de práticas de corrupção, julgado e condenado em três instâncias do judiciário  brasileiro, mas graças uma “canetada” de um ministro da suprema Corte, indicado por ele, que não só anulou todas as condenações, mas lhe restituiu todos os direitos políticos  tornando-o elegível a qualquer cargo público.

A partir do dia 01 de janeiro de 2023, a esquerda comunista e Lulapetista volta ao poder para revolta e desgosto de milhões de manifestantes que há mais de 40 dias estão nas ruas e á frente dos quarteis pedindo intervenção e que se recusam a ser governado por um ex-presidiário.

Nunca na história política do Brasil um presidente teve tanta rejeição ao seu nome, antes mesmo de tomar posse e começar a governar.

Nunca na história dessa pais ministros da Suprema corte da justiça brasileira fez fila para cumprimentar um ex-condenado, por eles mesmos pela eleição.

Nunca na história desse pais um “Superministro”, sem limite sem poderes, e de forma meritocrática tomou decisões em nome dos outros demais que preferiram se manter inertes e aquiescentes.

Nunca na história desse pais, autoridades da sociedade civil, ex-juízes, artistas sofreram de amnésia e esqueceram todas as falcatruas, irregularidades e ações ilegais cometidas em 14 anos de governos do PT no país.

Nunca na história desse pais a imprensa agiu de forma parcial e escancarada ao ponto de um âncora de um canal de TV de maior audiência comemorar a vitória do petista abrindo ao vivo e a cores uma “latinha” (de água?).

Mas de uma coisa é certa, assim como nos seus dois fatídicos mandatos e no 1 ½ mandato de sua cria “Dilma – a burra”, a história se repetirá nesse seu “terceiro mandato”, se durar, pois existem características que já vem na carga genética do ser humano e contra isso não há como mudar.

Que esse dia 12 de dezembro, “Dia Negro e de luto” para o Brasil, seja a esperança da autofagia petista, e que em 2026, ou bem antes, pois não acredito que esse governo se sustente muito tempo, eles possam ser banidos novamente do mapa político brasileiro.

(-) Professor, engenheiro, Administrador, matemático e psicopedagogo

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS