CENSURA Á IMPRENSA: Maduro fechou 15 rádios nesta semana na Venezuela. Lula já disse que pretende regulamentar a mídia no Brasil, se eleito. "A imprensa “destruiu” o governo de Hugo Chávez."

fotomontagem-Taciano Medrado

Da Redação

Após tirar 46 emissoras de rádio do ar no último final de semana, a Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel) da Venezuela ordenou o fechamento de mais 15 emissoras que operavam nos estados de fronteira. 

A informação foi divulgada, neste sábado (22), pelo relatório do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Imprensa (SNTP). “Oito emissoras foram fechadas no estado de Táchira (fronteira com a Colômbia) por ordem da Conatel, sob o argumento de não habilitação”, disse o sindicato em publicação no Twitter.

No país comandado pelo ditador Nicolás Maduro, as emissoras estão sendo retiradas do ar pelo órgão regulador. Segundo a agência de notícias EFE, o Colégio Nacional de Jornalistas (CNP) afirmou em denúncia no último dia 15, que censura à imprensa ficou ainda maior em julho deste ano.

“Estamos preocupados, porque isso representa um novo ataque do governo à sua chamada ‘hegemonia da comunicação’, que está cada vez mais se aproximando dos poucos meios de comunicação restantes”, disse o secretário-geral do CNP, Delvalle Canelón. (Fonte: RedeTV).

IDEIA DE LULA SOBRE A MIDIA NO BRASIL

Seguindo o mesmo caminho do seu colega comunista da Venezuela, Durante passagem no Maranhão no último final de semana, candidato Lula do PT afirmou que é preciso aprovar, de forma urgente, a regulamentação da comunicação no Brasil. 

Matéria produzida pela Gazeta Brasil no dia 23 de agosto de 2021, Lula fala das suas ideias de regulamentar os meios de comunicação no Brasil caso fosse eleito. Confira abaixo: 

Tenho que fazer uma autocrítica. Nós não tratamos a reforma da comunicação, a regulação [da mídia], como deveria ser tratada. Aprovamos [no meu governo] um programa para que a gente pudesse regulamentar os meios de comunicação. Como era fim do ano eu e o Franklin Martins (ex-ministro da Comunicação) não quisemos dar entrada, pois no próximo ano iria mudar muito deputado e senador. Deixamos para colocar no início do governo da Dilma. Eu não sei por que “cargas d’água” não foi colocado no Congresso esse projeto”, reclamou o petista.

Lula garantiu ainda que dessa vez, se for eleito, o assunto será tratado de forma prioritária. “Ou a gente faz um novo marco regulatório para a comunicação no Brasil ou a gente vai continuar sendo vítima da espoliação de meia dúzia de famílias que manda na comunicação. É preciso haver uma regulamentação”, destacou.

O petista citou como exemplo o que ocorreu na Venezuela. Por lá, segundo ele, a imprensa “destruiu” o governo de Hugo Chávez.

“Nós vamos ter um compromisso público de que vamos fazer um novo marco regulatório dos meios de comunicação e espero que os senadores e os deputados entendam que isso é necessário para a democracia. Inclusive vamos discutir com a sociedade uma regulação da internet”, afirmou o petista. 

“Quero voltar para corrigir as deficiências que não conseguimos corrigir quando era presidente”, continuou.

Na mesma entrevista, Lula disse ainda que não aceita a ideia de se criar uma terceira via no Brasil, negando que atualmente ocorra uma polarização de extremos.

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS