Bolsonaro decreta luto oficial por morte de ex-premiê japonês morto em um atentado durante um comício . Veja vídeo!


Foto reprodução twitter
Momento da prisão de Tetsuya Yamagami

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial por 3 dias pela morte do ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, morto nesta 6ª feira (8.jul.2022), aos 67 anos. O decreto foi publicado em edição extra do DOU (Diário Oficial da União). O chefe do Executivo afirmou ter recebido a notícia da morte do político com “extrema indignação e pesar”.

“Como sinal de nosso respeito ao povo japonês, de reconhecimento pela amizade de Shinzo Abe com Brasil e de solidariedade diante de uma crueldade injustificável, decretei luto oficial em todo o país durante 3 dias. Que seu assassinato seja punido com rigor. Estamos com o Japão”, declarou em publicação em seu perfil no Twitter.

Shinzo Abe foi baleado na cidade de Nara, a cerca de 520 km de Tóquio. Ele foi primeiro-ministro do Japão de 26 de dezembro de 2012 a 16 de setembro de 2020, quando renunciou ao cargo em razão de seu estado de saúde. Conduziu a política do país por 4 mandatos consecutivos.

Bolsonaro se referiu ao político como um “líder brilhante” e “grande amigo do Brasil”. Em janeiro de 2019, Bolsonaro teve reunião bilateral com Shinzo Abe durante o Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça. Naquele ano, também reencontrou o então premiê na reunião do G-20, em junho, e em viagem ao Japão, em outubro.

“Recebo com extrema indignação e pesar a notícia da morte de @AbeShinzo, líder brilhante e que foi um grande amigo do Brasil. Estendo à família de Abe, bem como aos nossos irmãos japoneses, a minha solidariedade e o desejo de que Deus cuide de suas almas neste momento de dor”, disse.

Bolsonaro só decretou luto no país outras duas vezes ao longo de seu mandato. A última vez foi em 25 de janeiro deste ano pela morte do escritor e ideólogo Olavo de Carvalho, aos 74 anos.

Antes, Bolsonaro também decretou luto em homenagem ao ex-vice-presidente da República Marco Maciel, que morreu em 12 de junho de 2021, aos 80 anos. O político foi vice de Fernando Henrique Cardoso de 1995 a 2002. Foram 3 dias de luto nacional pelo político, enquanto o período de Olavo foi de 1 dia.

Atentado

Abe fazia campanha para o partido no momento em que foi atingido nas costas. O político foi levado inconsciente e já em parada cardiorrespiratória para o Hospital Universitário de Nara, na cidade de Kashihara.

O suspeito de ter cometido o crime foi identificado como Tetsuya Yamagami, de 41 anos. Ele é ex-integrante da Marinha japonesa e foi detido e interrogado pela polícia. Fontes ligadas à investigação disseram à emissora de TV NHK que foi apreendida uma arma de fabricação caseira.


Com informações do BBC News Brasil 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com  / Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS