OPINIÃO: EFEITO ELEIÇÕES 2022 - Governador da Bahia abre a caixa de medidas populistas ás vésperas de ano eleitoral e concede reajuste ao servidor estadual muito abaixo da inflação estimada para o ano .

Foto: Manu Dias/Gov/BA

Da Redação

Depois de anunciar que iria transformar a "Bolsa presença" de temporária para permanente sancionando  uma nova Lei, a de nº 14.396 de 16 de dezembro de 2021, que altera a Lei nº 14.310, de 24 de março de 2021, do Bolsa Presença, com a publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), desta sexta-feira (17) (Reveja, o  governador da Bahia, o petista anuncia mais uma medida populistaum projeto de lei que define o reajuste geral de 4% para o funcionalismo público estadual para 2022, com efeito já a partir do mês de janeiro. Vale lembrar que esse percentual de reajuste está muita abaixo da inflação anual de 9,77%  previstas pelos especialistas do Banco Central. 

Em seu discurso o petista afirma que trabalha  com a premissa de assegurar ganhos maiores aos servidores com menores remunerações. Perguntamos: Como isso pode acontecer, se o reajuste dado  pelo governo é bem inferior as perdas causadas pela inflação. Será  que a matemática do governador é diferente da tradicional ? ou ele foi um péssimo aluno na ciência exata? 

Na visão dos seus opositores tais medidas soam  como manobra do petista  com vistas as eleições de 2022,  uma vez que a categoria dos servidores públicos estaduais ja vinha reivindicando tal reajustes nos seus salários e sequer o governador cogitou colocar em pauta, o que faz agora ás margens de uma eleição majoritária, o que é de se estranhar. Mas enfim, aconteceu!.  O projeto foi encaminhado  nesta sexta-feira (17) à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) 

Segundo o projeto proposto,  haverá um  reajuste linear para todo o funcionalismo público, incluindo servidores ativos, aposentados e pensionistas do Poder Executivo estadual, além de reestruturações (com incrementos reais aos vencimentos/soldos) para servidores da Educação, Saúde, Segurança Pública e do grupo técnico administrativo. 

Ainda de acordo com o  "populista" Rui Costa, os servidores estaduais terão ganhos salariais de até 22% em seus vencimentos. Além do reajuste linear de 4% destinado a todo o funcionalismo, a lei concederá um incremento de R$ 300 ao vencimento básico de servidores da Educação, Saúde e Segurança Pública a partir de abril do ano que vem. E de R$ 200 para aqueles que estão com vencimento básico abaixo do mínimo.  

Mas se preparem , masi medidas sairão da "caixa de medidas populistas" do governador até as eleições de 2022.É só esperar pra ver. 

Como dizia meu saudoso amigo e compadre jornalista , Erry Justo (In memoria): " E segue o fluxo".


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.co

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS