Prefeitura de Juazeiro estreita diálogo com sindicatos e associações de servidores públicos

 


Da Redação

Sempre aberta ao diálogo com o funcionalismo público municipal e reforçando as ações em prol da categoria, a Prefeitura de Juazeiro recebeu, nesta quarta-feira (27), representantes de sindicatos e associações para dialogar sobre as principais reivindicações referentes às questões salariais e condições de trabalho, cujas demandas já estavam sendo analisadas pela prefeitura.

O assessor especial da prefeitura Allan Jones, junto com o diretor executivo do Instituto de Previdência de Juazeiro, Marcus Onildo, o subprocurador do município, Maurício Marçal e a Gestora de Políticas Públicas, Isadora Raimundo, recebeu os presidentes e advogados do: Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro (SINSERP), da Associação dos Agentes de Transporte (ASSOGESTRAN), da Associação dos Guardas Municipais de Juazeiro e da Associação dos Trabalhadores em Educação, dos Pensionistas e Aposentados de Juazeiro (ATEPAAJ).

Um dos pontos de destaques da negociação, foi o acordo em relação ao índice de enquadramento da progressão de salário, que ficou estabelecido em 1,69%, sem cobrança retroativa de valores recebidos a maior pelos servidores. “Além da resolução sobre o índice de enquadramento, também vamos passar para as pastas as normatizações para concessão de licenças prêmios. O que antes era tomado como algo obscuro, vamos, por meio da gestão Suzana Ramos, por meio de um novo tempo de trabalho, transparecer as nossas ações, respeitando e valorizando cada um dos servidores. Um dos pilares da nova gestão da Prefeitura de Juazeiro é a valorização do servidor público. Continuaremos de portas abertas e dialogando com todos”, disse o assessor especial Allan Jones.

Avaliação positiva

O presidente do SINSERP, Luiz Alberto, fez uma avaliação positiva sobre o encontro e elogiou a disponibilidade do governo em receber e debater as demandas dos servidores. “Foi uma boa reunião, ainda existem pontos que precisam ser tratados, mas o governo sempre esteve aberto para o diálogo e nós sempre presentes tentando fazer o melhor para o servidor”, comentou.

Ainda atendendo às reivindicações, a prefeitura solicitará à Câmara de Vereadores a realização de uma sessão para tratar da cobrança previdenciária de 14% que incide sobre o pagamento das aposentadorias dos servidores.

 

Texto: Marcela Cavalcanti - Assessora de Imprensa - PMJ

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. Quem comandou essa reunião foi Dr Allan, deve ser porque a prefeita Suzana não tem o que mais dizer aos trabalhadores municipais aposentados. Desde o início do ano estamos pedindo essa audiência pública,( sou professora aposentada), que enrolaram até agora e nada acontece sobre esses imorais 14% que os aposentados voltaram a pagar, isso quer dizer que nós próprios pagamos os nossos proventos; licenças prêmio que no ato da aposentadoria deveríamos receber tem que colocar na justiça chegando às mãos dos procuradores municipais para recorrer e não pagar. Aposentados para as gestões são defuntos . O presente no dia do servidor público só serviu mesmo para quem está na ativa,os defuntos não recebem nada. Essa alíquota imposta no governo anterior foi também o presente de grego recebido no dia do trabalhador,1/05. E assim vai mais uma novela na nossa cidade, tudo se repete e é porque são 5 sindicatos juntos lutando por causas justas do trabalhador municipal da ativa e dos aposentados. Ahh já ia esquecendo que o INSS devolveu aos cofres do IPJ mais de dois milhões referente às contribuições previdenciárias da época. Essa vai para o gestor do IPJ: porque não dá um décimo quarto ou um bom abono aos aposentados e pensionistas? Esse dinheiro é mais que nosso, sabendo que o instituto de previdência de Juazeiro é a vaca leiteira da prefeitura,nada para Aposentados. E senhora prefeita Suzana se faça presente nas reuniões mesmo que não saiba mais o que nos responder referente a nossa pauta pois a gerente é vossa excelência.

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS