NEM ELES SE ENTENDEM MAIS : : Em clima de "racha" no chamado G7, relatório será lido nessa quarta-feira(20)

 

Foto: Reprodução - Eduardo Braga (MDB-AM), Renan Calheiros (MDB-AL), Ciro Nogueira (PP-PI), Otto Alencar (PSD-BA), Omar Aziz (PSD-AM), Tasso Jereissati (PSDB-CE), Eduardo Girão (Pode-CE), Humberto Costa (PT-PE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Marcos Rogério (DEM-RO) e Jorginho Mello (PL-SC)

Da Redação

Em meio ao clima de "racha" no chamado G7, grupo de senadores que são maioria no colegiado e conduzem os trabalhos desde o início, após o vazamento do relatório final, a CPI da Covid-19 se reúne nesta quarta-feira (20) para a apresentação oficial do texto e leitura. A votação ocorrerá na próxima terça-feira (26).

Presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM), foi um dos que demonstrou publicamente sua irritação e cobrou que o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), mantivesse no parecer tudo que havia vazado.

Após o desgaste, Calheiros enviou o documento de 1.178 páginas aos colegas senadores. No documento, há pedidos de indiciamento de 70 pessoas e duas empresas. Entre os nomes, estão o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e três de seus filhos – o vereador pelo Rio de Janeiro Carlos (Republicanos-RJ), o senador Flavio (Patriota-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) –, além dos ministros Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Walter Braga Neto (Defesa) e Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência).

No parecer, constam ainda os pedidos de indiciamento dos ex-ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores). Há também outros parlamentares, empresários, lobistas, médicos, pesquisadores e influenciadores bolsonaristas.

Dois pontos de divergências entre os senadores foram resolvidos na noite desta terça-feira (19): o indiciamento por genocídio de indígenas atribuído a Bolsonaro e o pedido de indiciamento dos filhos do presidente da República, sobretudo do senador Flávio Bolsonaro. Segundo Aziz, os itens foram retirados da versão final. 

Com informações da Agência Senado.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS