JUAZEIRO-BAHIA: Prefeita Suzana Ramos destaca importância da reativação da Ferrovia Centro-Atlântica durante evento com representantes do governo federal e outras instituições


Da
Redação

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP), com o apoio da Associação de Usuários dos Portos da Bahia (USUPORT) e do Centro de Excelência em Fruticultura do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR), promoveu na tarde desta quinta-feira (21) um encontro para debater as oportunidades de crescimento, desenvolvimento e modernização da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), a maior ferrovia do Brasil.

Com o tema, Juazeiro: A Bahia nos Trilhos, a mesa foi composta pela prefeita Suzana Ramos, secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Neiva, Ministro João Roma, André Ludolfo, representando o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes, Ivan Pinto da Costa, atual presidente do Instituto da Fruta, Humberto Oliveira, presidente da Fundação da Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB), Eurico Pincovsky (Focus Energia), Alexandre Calil, representando Manoel Valerio, diretor presidente da Mineração Caraíba, Paulo Villa, diretor executivo da Usuport, Ruy Andrade, sócio e conselheiro do grupo Petrobahia e Gabriel Oliva, CEO da Tombador Iron Mineração Ltda. Durante o debate, foi unânime a discussão sobre a importância da retomada do modal ferroviário para o desenvolvimento da região e de todo o Estado.

A prefeita Suzana Ramos abriu o webinar destacando as potencialidades de Juazeiro e o desejo de ver o município crescer. “Estou muito feliz com essa perspectiva de mais desenvolvimento para a nossa região. A gente não tem que pensar pequeno, a gente tem que pensar grande, vamos também atrás do aeroporto. Juazeiro tem um potencial muito grande, é um desafio, mas Deus me deu condições de ver Juazeiro, uma cidade tão bonita, com potencialidades para crescer. E a reativação dessa ferrovia é de extrema importância para a cidade e toda a região”, declara.

Para o secretário Carlos Neiva, mediador do evento, Juazeiro é privilegiado por se conectar com outras ferrovias através da FCA o que fortalece a luta pela necessidade da sua reativação e modernização. “Uma honra para mim, prefeita, sob o seu comando, tá plantando essa semente, para que possamos colher frutos promissores para nossa região. O que vimos hoje aqui é de uma grandiosidade absurda. Temos a felicidade de ter como parceiros a Usuport e o Senar. Esse evento, hoje, é um marco decisivo nesta luta tão importante e vem para reforçar a nossa convicção que Juazeiro tem vocação pra ser grande. Precisamos pensar de maneira ampla e que só se faz muito envolvendo pessoas, instituições, todas voltadas na mesma direção, que é promover, cada vez mais, o desenvolvimento socioeconômico”, destaca.

Paulo Villa, diretor executivo da Usuport, falou do engajamento da Associação em construir soluções positivas e em defesa do desenvolvimento do Estado. “Dizer que nós estamos engajados na região e engajados em construir soluções positivas para o nosso Estado. Não estamos preocupados com críticas ou atingir quem quer que seja, mas preocupados na construção de soluções, estamos aqui juntos. A Usuport está inteiramente engajada na defesa da infraestrutura, desenvolvimento do Estado da Bahia, seja onde for. Em Juazeiro, com o potencial que nós vimos aqui hoje, realmente não pode ficar de fora desse contexto que nós todos trabalhamos”, afirma.

Panorama

Também presente no evento, representando o Ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes, o analista de Infraestrutura e Coordenador-Geral de Outorgas Ferroviárias André Ludolfo, fez um panorama geral da prorrogação antecipada do contrato de concessão, bem como do processo de devolução do trecho.

“O que nós temos tratado no âmbito do Ministério da Infraestrutura, refere-se ao processo de prorrogação antecipado do contrato de concessão da FCA por mais 30 anos. É um processo que está em tramitação. Neste momento estamos tratando do relatório da audiência pública, finalizado no primeiro trimestre de 2021 e estamos fazendo tratativas. Nossa expectativa é que a gente submeta o processo ao Tribunal de Contas da União em 2022. O TCU sendo favorável à prorrogação antecipada, o Ministério vai prorrogar o contrato de concessão por mais 30 anos da FCA. Dentro desse processo, e especificamente talvez esse seja o grande anseio do município de Juazeiro, refere-se à questão da devolução do trecho almejado pela FCA”, explica.

Ainda de acordo com Ludolfo, o processo de devolução de trechos faz parte do contrato de concessão entre a União e a FCA, da mesma forma que estão previstas diversas obrigações com relação à manutenção e conservação da linha e diversos outros fatores.

Carta de Juazeiro

Após o encontro, os pontos discutidos serão analisados, e em seguida será elaborada a Carta de Juazeiro, um documento que reunirá as principais demandas da região a partir da recuperação e modernização da linha centro da FCA, carinhosamente chamada de Linha Trem do Sertão ou Ferrovia Marta Rocha.


Texto: Milena Pacheco – Assessora de Imprensa ADEAP /Ascom PMJ
Fernanda Barros – Secretária de Comunicação

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS