COPA AMÉRICA : Jogos dessas quinta-feira(24). Destaques para as vitórias do Uruguai e do Paraguai. Reveja os gols das partidas.

 

Da   Redação

Uruguai e Bolívia se enfrentaram nessa quinta-feira(24), o time uruguaio por 2 x 0 com um gol contra no primeiro tempo e outro no final do jogo marcado por Edinson Cavani garantiu  uma vaga nas quartas de final da Copa América.

Os uruguaios abriram o placar em um lance fortuito cinco minutos antes do intervalo, quando Jairo Quinteros jogou a bola para trás e a bola ainda bateu no goleiro Carlos Lampe antes de entrar no próprio gol boliviano.

Cavani fez o segundo a 12 minutos do final da partida, ao completar cruzamento de Facundo Torres.

O Uruguai soma quatro pontos em três jogos e se classificou para as quartas de final. A Bolívia agora precisa derrotar a Argentina em sua última partida e torcer por outros resultados para ter alguma chance de avançar.

O Paraguai venceu o Chile por 2 a 0, nesta quinta-feira (24), pela fase de grupos da Copa América, e assumiu a segunda colocação do Grupo A, com seis pontos, um a menos que a Argentina.  

O Jogo 

O primeiro tempo da partida foi de bastante de equilíbrio e pouca emoção. As duas equipes evitaram se expor e quase não criaram chances de gol. 

O Chile teve muita dificuldade no setor criativo. Os comandados de Martín Lasarte não conseguiram converter a posse bola em chances de gol. Isso porque, além da defesa do Paraguai não permitir, o meio de campo tinha pouca velocidade e intensidade. 

Os paraguaios, por outro lado, cumpriram com o que foi proposto. Com o sistema defensivo sólido, o time aproveitou as brechas que o Chile concedeu e apostou na bola parada. 

Aos 33 minutos, Almirón cobrou escanteio na cabeça de Samudio, que ganhou de Mena na bola área e abriu o placar para o Paraguai. Aos 41, o lance quase se repetiu, mas González foi infeliz no cabeceio e mandou a bola para fora.

O segundo tempo começou com o Chile mais ligado no jogo. Mas o bom momento durou pouco. Aos 13 minutos, Medel derrubou González na pequena área e Wilmar Roldán não hesitou em marcar pênalti. Com frieza, Almirón ampliou para o Paraguai.  

Aos 25, o VAR foi acionado para análise de um possível pênalti a favor do Chile. Após longa conversa com o árbitro de vídeo, Roldán checou o lance no monitor e descartou a penalidade. 

Em busca de diminuir a desvantagem no placar, o Chile manteve a postura ofensiva, enquanto o Paraguai buscou o contra-ataque. O esquadrão comandado pelo técnico Eduardo Berizzo até correu perigo, mas a seleção chilena não conseguiu converter as chances que criou.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS