ONU: Cresce chance de a temperatura subir 1,5° C temporariamente nos próximos cinco anos

 

Temperatura global pode aumentar 1,5° C em ao menos um dos próximos cinco anos (Foto: WMO)

Da redação
Por: Taciano Medrado

Probabilidade praticamente dobrou em comparação com previsões de 2020; estimativas indicam que pelo menos um ano entre 2021 e 2025 pode entrar para a história como o mais quente já registrado.

Há cerca de 40% de chance de a temperatura global média anual aumentar temporariamente em 1,5° C nos próximos cinco anos. Essa é a previsão anunciada nesta quinta (27) pela OMM (Organização Meteorológica Mundial).

Também existe uma probabilidade de 90% de pelo menos um ano entre 2021 e 2025 se tornar o mais quente já registrado, o que tiraria 2016 do topo do ranking.

Nesses anos, as regiões de alta latitude e o Sahel provavelmente serão terão mais umidade, e pode aumentar a quantidade de ciclones tropicais no Atlântico em comparação com o passado recente.

Em comunicado, o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, disse que “estas são mais do que apenas estatísticas. O aumento das temperaturas significa mais derretimento do gelo, níveis mais elevados do mar, mais ondas de calor e outras condições climáticas extremas e maiores impactos na segurança alimentar, saúde, meio ambiente e desenvolvimento sustentável”.

Metas

O estudo mostra, com um alto nível de precisão científica, que o mundo está se aproximando da meta mais baixa definida no Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas.

A chance de atingir temporariamente 1,5° C acima da temperatura atual praticamente dobrou em comparação às previsões do ano passado.

Para Taalas, este “é mais um alerta de que o mundo precisa acelerar os compromissos para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e alcançar a neutralidade de carbono.”

A pesquisa também ressalta a necessidade de adaptação ao clima. Nesse momento, apenas metade dos 193 Estados-membros da OMM têm serviços de alerta precoce de última geração.

Para Taalas, além de limitações em serviços de alerta precoce, existem graves lacunas nas observações do tempo, especialmente na África e nos estados insulares.

Mudanças

Em 2020, um dos três anos mais quentes já registrados, a temperatura média global já ficou 1,2° C acima da linha de base pré-industrial. Nos próximos cinco anos, a temperatura global média anual deve ser pelo menos 1° C mais alta.

Acordo de Paris visa manter o aumento da temperatura global neste século bem abaixo de 2° C. Os compromissos nacionais, conhecidos como contribuições nacionalmente determinadas, estão atualmente muito aquém do que é necessário para atingir essa meta.

Para a ONU, o ano de 2021 e as negociações durante a Conferência do Clima, COP-26, que acontece em novembro, são uma das últimas oportunidade para evitar que as mudanças climáticas fiquem fora de controle.Combater a mudança climática também está no topo da agenda da Cúpula dos Líderes do G-7, realizada no Reino Unido de 11 a 13 de junho.

Este conteúdo foi publicado originalmente no portal ONUNews, da Organização das Nações Unidas

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS