PETROLINA-PE: Sindsemp garante a unificação do salário base aos servidores enfermeiros do município


Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina recebeu nesta sexta-feira (09) a Secretária de Saúde do Município, Magnilde Albuquerque, para discutir pontos da campanha salarial deliberados pelo Governo Municipal, como a unificação do salário base dos enfermeiros e processo de perícias para servidores da saúde que não recebem o adicional de insalubridade.

A conquista garantida pelo Sindsemp à categoria dos servidores enfermeiros, unifica as gratificações recebidas pela categoria em um único valor, que a partir de agora, passa a ser estabelecido como salário base desses profissionais. “Isso é um ganho real para a categoria e um momento realmente histórico para todos nós! Essa conquista é  fruto das discussões realizadas entre a gestão municipal e o Sindsemp”, comemora Ruth Novaes, delegada da Saúde do Sindsemp e enfermeira do quadro de servidores do município.

Participaram da reunião, o presidente do Sindsemp Walber Lins; o diretor de Política Sindical e Estatística, Edson dos Santos; a diretora de Assuntos Extraordinários Luciedna Batista; a diretora financeira, Elizete de Souza; a delegada da Saúde, Ruth Novaes; a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque; a secretária executiva de Atenção à Saúde, Ana Caroline Freire; a diretora de Atenção Básica, Lorena Andrade; o presidente da Associação dos Servidores de Odontologia, Marcelo Ferraz e o secretário da Associação dos Servidores de Odontologia, Júnior Gomes; a enfermeira Aline Mariano e a técnica de enfermagem, Margarete do Amaral.

Além da conquista garantida aos enfermeiros, a reunião também tratou de discutir o andamento das perícias dos servidores da saúde que possuem direito ao adicional de insalubridade. Os representantes da categoria dos dentistas também discutiram o adiamento da unificação dos salários, em virtude da lei federal complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que restringe o aumento de gastos na folha de pagamento.

A secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque explica que o pagamento de insalubridade dos servidores dentistas é realizado em cima do salário base e a lei 173 não permite esse gasto, “nós nos comprometemos que a partir de janeiro ou a partir da saída da lei, a gente vai conversar sobre a consolidação dos auxiliares técnicos de saúde bucal e dentistas. Deixando claro que não podemos resolver isso agora, em virtude da lei federal, que não permite aumento de vencimentos”, explica.

Hoje nós conseguimos mais uma conquista que é direito do servidor, através da unificação das gratificações com o salário base para a categoria dos enfermeiros e também essa discussão com os demais profissionais da atenção básica de saúde. Nós já temos aqui uma discussão iniciada, já temos a garantia para os enfermeiros, e também a garantia para as outras categorias. Então tudo isso é um processo, mas nós estamos avançando cada vez mais na conquista pelos direitos do servidor, conclui Walber Lins, presidente do Sindsemp.

Assessoria de Comunicação do Sindsemp

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS