MAIS UM ATO DE VINGANÇA: Governo Lulapetista manda exonerar Anderson Torres de conselho fiscal da Caixa Loterias. Ele teria mandato até 2024

Foto reprodução

Da Redação
Por Taciano Medrado

Para um partido que foi criado alicerçado na defesa dos trabalhadores, da democracia e contra as perseguições políticas e aos atos de ditadura, o PT parece ter se perdido ao longo da sua história.

Após ter comandado o pais por 14 anos ( 8 do Lulapetista + 4 ½ de Dilma),  o terceiro mandato do novo “ditador da América do Sul, o senhor Luiz Inácio Lula da Silva, desde que assumiu os primeiros minutos como presidente não fez outra coisa a não ser colocar em prática seu plano de vingança pessoal contra todos aqueles que ajudaram a colocar ele numa cela de prisão na carceragem da PF em Curitiba.

Não obstantes as “canetadas Montblanc" que já aplicou, passando um rodo em todos, após ter dado ordens ao seu “pau mandado’, o Superministro do 5t&, para que prendesse o ex-ministro da justiça do governo Jair Bolsonaro, agora por último, determinou nesta semana a exoneração do referido ministro do conselho fiscal da Caixa Loterias.

Torres foi nomeado para ocupar um assento no conselho fiscal em abril de 2022, como indicado da Caixa Econômica Federal, acionista controlador da empresa de apostas. Ele teria mandato até 2024, com a possibilidade de mais duas reconduções consecutivas. Segundo relatos, o honorário de um conselheiro fiscal é de aproximadamente R$ 4.500 mensais.

Sua saída do conselho, no entanto, só será oficializada após a realização de uma assembleia de acionistas para deliberar sobre o assunto. Os preparativos para a convocação da assembleia já estão em andamento.

A informação da exoneração foi confirmada ao jornal folha de São Paulo, pelo Ministério “poste” da Fazenda, Haddad. "A exoneração de Anderson Torres como representante do governo no conselho fiscal da Caixa Loterias foi pedida nesta semana", afirmou por meio de nota.

O conselho fiscal é formado por três membros efetivos e seus respectivos suplentes. Um deles é indicado pelo Ministério da Fazenda, como representante do Tesouro Nacional, e deve ser um servidor com vínculo permanente com a administração pública.

Os outros dois são indicados pela Caixa —banco público integralmente controlado pela União. Eles são eleitos pela assembleia geral de acionistas. Na primeira reunião após a eleição, os próprios membros do conselho fiscal escolhem o seu presidente.

Segundo o Ministério da Fazenda, ainda não há um nome substituto para o posto ocupado por Anderson Torres no colegiado.

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS