LEGISLATIVO: PL lança o senador Rogério Marinho para Presidência do Senado

Senador eleito Rogério Marinho (RN) - foto reprodução

O PL lançou oficialmente a candidatura do ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho (RN) à presidência do Senado nesta 2ª feira (16.jan.2023).

Comandante da sigla, Valdemar Costa Neto afirmou que o senador eleito tem votos suficientes para derrotar Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O mineiro tentará a recondução ao cargo por mais 2 anos.

Marinho foi ministro durante o governo de Jair Bolsonaro (PL) e disputará o comando do Senado pelo partido do ex-presidente. Já Pacheco terá apoio da bancada do PT do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além do PSD e do MDB.

“Estamos [conversando] com nossos pares, levando nossas propostas, fazendo um trabalho de sensibilização para que o Senado [não] seja um Senado subalterno, omisso”, declarou Marinho depois da reunião.

“O momento que o país atravessa é muito grave. É um momento de excepcionalidade, em que nós estamos sofrendo problemas ligados à questão da liberdade de expressão, à inviolabilidade dos mandatos parlamentares, que para nós é sagrado”, disse.

Valdemar Costa Neto declarou que o PL formará um bloco com o PP e o Republicanos no Senado.

O embarque do PP na candidatura de Marinho seria uma contrapartida pelo apoio que o PL dará à reeleição do deputado Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara.

Embora senadores possam mudar livremente de partido sem risco de perder o mandato, a projeção atual é de que a bancada do PL terá 13 integrantes em 1º de fevereiro, quando começa a próxima legislatura. O PP terá 6 e o Republicanos, 4.

Ao Poder360, Carlos Portinho (RJ), ex-líder do PL e do governo de Jair Bolsonaro no Senado, afirmou que o partido negocia a chegada de mais 2 integrantes para a bancada.

O bloco de apoio a Marinho partiria, portanto, de uma base de 25 votos. Para se eleger presidente da Casa, um senador precisa levar os votos de 41 dos 81 senadores.

Nas últimas semanas, o ex-ministro de Jair Bolsonaro (PL) viajou a Estados das regiões Norte, Nordeste e Sul em busca de votos.

“Hoje, na nossa conta, a eleição está empatada e tem ainda os votos de indecisos. A expectativa é muito boa depois dessa rodada pelo Brasil que Marinho fez”, afirmou Portinho.

O PL conversa com outros partidos além de PP e Republicanos para tentar encorpar o bloco e busca negociar com senadores no “varejo”.

 

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS