Instituto de Previdência de Juazeiro garante repasse de mais de R$ 14 milhões do INSS


O Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ) garantiu uma compensação adicional de R$ 14 milhões aos cofres da entidade, que é responsável pelo pagamento integral das aposentadorias e pensões dos servidores públicos do Município. O valor é relativo aos repasses dos anos de 2021, onde o Instituto recebeu o valor aproximado de R$ 7,5 milhões; e do ano de 2022, quando recebeu pouco mais de R$ 6,6 milhões.

Compensação Previdenciária

Os repasses são provenientes da Compensação Previdenciária (Comprev) que é um acerto de contas entre o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), vinculado ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS), e os institutos municipais, que têm seus Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS).
O servidor público, cujo tempo de serviço soma períodos trabalhados na iniciativa privada e na pública, ao se aposentar, recebe seus benefícios integralmente pelo Município. O mesmo direito se estende aos pensionistas do segurado. Com isso, os institutos municipais por assumirem a responsabilidade, são compensados mensalmente pelo pagamento.

Equilíbrio financeiro


O diretor-executivo do IPJ, Marcos Jorge de Sá, destaca que o equilíbrio financeiro é fundamental para a sobrevivência dos institutos de previdência municipais. “O número de trabalhadores que deixam a ativa só aumenta a cada ano. Com a responsabilidade de gerir os recursos que são destinados à seguridade dos servidores aposentados e pensionistas, contamos com a compensação previdenciária como uma das alternativas para manter o equilíbrio financeiro do Instituto”, destacou o diretor-executivo do IPJ, Marcos Jorge de Sá.


Texto: Gardennia Garibalde - Ascom/PMJ
Foto: Ascom PMJ


Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. O Dr Marcos Jorge quer manter o equilíbrio financeiro do IPJ, diz que aposentados só aumenta mas não diz que esses aposentados já contribuiram e continuam a contribuir até morrer. Agora recebe os repasses do INSS que muitos servidores já contribuiram também anteriormente, então esses milhões são sempre aplicados,vem os juros que não são poucos e essa direção IPJ com jurídico tudim de boa com seus ótimos salários não pensam nem um pouco nos aposentados, não pagam o que nós devem desde 2021. Falta é boa vontade não falta de dinheiro, não oneraçao nos cofres desse maldito instituto que só funcionou até o governo Isaac carvalho. Depois só acabou com a vida dos que pagam o salário de cada um que lá está. É uma inércia total. Enfim ou a prefeita se faz de besta ou o Allan Jones junto com o procurador Thiago Cordeiro e advogados da prefeita Suzana é quem manda na caneta. Sinceramente não sei como adjetivar essa corja que aí está.

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS