HONRADEZ E DIGNIDADE : Comandante da Marinha fez um ato nunca antes visto na história das Forças Armadas contra eleição do Lulapetista

foto 
revista sociedade militar
Da Redação
Por: Taciano Medrado

O último Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, protagonizou um ato inédito neste início de ano, uma quebra de protocolo nunca antes visto na história das Forças Armadas. 

Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, para não passar nem um dia sequer sob a liderança do governo Lula, decidiu não comparecer à posse do novo governo e passou o comando da Força Naval, de forma interna, através de Portaria assinada pelo Jair Bolsonaro, em 31 de dezembro para o Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen.

Dessa forma, o novo comandante já assumiu o comando da Marinha de forma interina desde 31 de dezembro e na cerimônia do dia 5 apenas passara de interino para efetivo, sem ter a cerimônia onde um comandante transfere o cargo para o seguinte.

A cerimônia de troca de comando é um dos momentos mais importantes na trajetória de militares assumindo postos de comando. Ao se negar a participar, o comandante faz um “forte gesto” contra a eleição do Lulpetista.

Com informações da revista sociedade militar

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS