Em uma das aventuras mais fantásticas transformada em séries de TV no canal History, os Irmãos Marty e Rick Lagina tiveram seu dia de sorte e encontraram o tesouro de Oak Island


irmãos Marty e Rick  descobridores do tesouro da Oak Island 
A misteriosa ilha de Oak Island - Foto: History/Uol

Da Redação

Depois de muita pesquisa, tempo investido, e dinheiro gasto, Marty e Rick Lagina tiveram seu dia de sorte. Aparentemente, Oak Island tinha um tesouro enterrado debaixo dela. Isso atraiu a atenção de pesquisadores, historiadores e vários caçadores de tesouros ao longo dos anos. A maioria deles tentou, sem sucesso, aprender os segredos da ilha, mas alguns perderam o dinheiro, a vida e a sanidade.

Os dois irmãos, Rick e Marty Lagina, acreditam ter resolvido o enigma em torno do tesouro de Oak Island. A pergunta que todos querem saber é se havia um tesouro enterrado naquela ilha, e se a ilha o entregaria! Todos se perguntavam se a busca lavaria à alguma coisa, e se valeria à pena a inversão de tempo e dinheiro nesse propósito.

Abrindo terreno

Os dois irmãos trabalharam duro e passaram grande parte de suas vidas tentando aprender sobre os mistérios de Oak Island, mas não obtiveram sucesso. Então, sua última tentativa deu frutos. Eles estavam à beira de desistir, já que não encontravam nada há anos. A A&E, uma rede de televisão, optou por narrar os esforços em um documentário chamado The Curse of Oak Island.

Os irmãos sabiam que havia mais na ilha do que aparentava e, se tentassem pela última vez, acabariam encontrando aquilo que estavam buscando por tantos anos. Para sua sorte, sua última tentativa valeu cada hora, dia, semana e ano passados dedicados à investigação. O que foi chocante é que eles não esperavam o que encontraram.

Descanso

Esses irmãos eram obcecados pela ilha, fazendo com que gastassem muito dinheiro para financiar suas escavações e localizar o tesouro. Eles sabiam que as histórias que ouviram precisavam ser comprovadas, portanto, este foi apenas o primeiro passo. Felizmente, o programa de televisão ajudou a atrair mais investidores, então eles tiveram o financiamento necessário para sua caça ao tesouro.

Todos sabemos o quanto é necessário em equipamentos, funcionários e afins, participar de uma série de televisão não apenas levou ao apoio necessário, mas também foi fundamental em termos financeiros. Os espectadores tinham tanta fome e curiosidade quanto os irmãos, o que alimentou a determinação de não desistir.

Artefatos Antigos

O programa acabou se movendo por duas temporadas sem descoberta dos irmãos Lagina. Durante a terceira temporada, o destino da história mudou completamente. Enquanto drenavam um buraco, os irmãos encontraram artefatos como uma espada romana cerimonial. Isso sugeria que os romanos estavam na América do Norte antes de Cristóvão Colombo.

Os artefatos históricos são sempre um dos tesouros que você menos espera encontrar. Uma vez que você descobre esses itens, um determinado valor é agregado a isso, respondendo às perguntas que ainda não foram respondidas ao longos dos anos. A descoberta dos irmãos os levou a continuar sua busca pelo tesouro. A jornada de descobertas estava apenas começando.

Mapa do tesouro

No final da terceira temporada, eles desenterraram muitos artefatos, levando-os a sentir que estavam no melhor caminho. Quando a quarta temporada começou, eles queriam identificar um dos itens interessantes que encontraram, uma cópia feita à mão de um mapa francês. Você não pode chamar isso de caça ao tesouro sem um mapa certo, e felizmente eles encontraram um.

O mapa pode não ter indicado exatamente onde estava o tesouro, mas serviu como uma referência adicional e prova de que há um tesouro escondido em algum lugar. A única diferença é que havia um objetivo para que o tesouro fosse escondido e isso significaria que o valor para tal é mais que poderíamos imaginar.

Conseguindo ajuda

Zena Halpern é uma especialista em navegação marítima antiga e uma historiadora que os ajudou nessa tarefa. Eles acabaram atualizando o mapa em 1647 aproximadamente. No mapa,  havia as palavras “válvula”, “âncora” e “escotilha”, sugerindo que o tesouro escondido poderia ser da África. A assistência adicional deu aos irmãos uma fonte de quão valioso o tesouro seria.

Embora saibamos que a África é rica em recursos naturais, os irmãos ficaram curiosos para saber o que estaria escondido naquele país que precisasse ser mantido em segredo. O tesouro que a ilha pode possuir pode conter artefatos históricos que não foram vistos ao longo de séculos ou pode haver metais preciosos e objetos de ouro.

Manuscritos Antigos

Os caçadores de tesouros também encontraram o que parecia ser uma seção de um livro. O objeto era similar a um encadernador, algo que mantinha o papel unido. Portanto, os irmãos pensaram que poderia haver manuscritos que estavam esperando para mostrar seus segredos para o mundo todo.

Com tanta coisa que poderia ter acontecido ao longo do tempo, pode haver informações que foram mantidas ocultas por um motivo, e descobri-las hoje pode mudar a maneira como percebemos a história e a sociedade como a conhecemos. Embora ainda não haja provas de que a suposição seja verdadeira, você não pode deixar de se perguntar sobre « e se fosse verdade ».

Carta Antiga

Junto com a encadernação, os irmãos encontraram um pedaço de pergaminho feito de pele de animal. Alguns especularam que ele estava ligado a William Chappell e Frederick Blair, que estiveram envolvidos em uma investigação na ilha. O pergaminho estava datado por volta do século XV, quando apenas os ricos podiam receber ou enviar cartas.

Antigamente, a pele de animal costumava ser uma fonte de papel para as pessoas. No entanto, você deve estar se perguntando que se eles tinham o encadernador, eles deveriam ter papel. Se eles tinham papel qual o motivo de usar um pergaminho? Provavelmente, eles estavam tentando esconder alguma coisa.

O famoso poço

Algumas peças de ouro foram encontradas em Oak Island no século XXI. Enquanto a empresa Truro escavava, eles tiveram problemas quando a água encheu o buraco. Eventualmente, eles tiveram que parar o projeto por falta de fundos. Essa área foi apelidada de poço do dinheiro, já que drenou o dinheiro da empresa que estava realizando os estudos.

Mesmo que já estivesse provado que ouro e outros minerais existiam no buraco do dinheiro, eles tinham recursos e equipamentos limitados para cavar mais fundo. Os irmãos, com os fãs que acompanharam o programa, estavam prontos para investir e ver o que poderia ser encontrado se investigassem mais, e foi exatamente isso que eles fizeram.

Conexão de Roosevelt

Muitas pessoas e empresas exploraram a ilha no século XX. No entanto, nenhuma delas foi bem-sucedida. Além da tecnologia limitada que eles tinham na época, havia algo mais. O presidente Roosevelt era obcecado pela ilha e fazia parte do grupo de exploração. Dizem que sua equipe não teve sucesso e não conseguiu financiar mais escavações.

É claro que os irmãos tinham a leniência e a conveniência de usar uma variedade de equipamentos mais avançados e também tinham os recursos necessários para cavar ainda mais fundo na ilha. Mesmo que aqueles que vieram antes deles tenham falhado em seu julgamento, o que os irmãos tinham era mais avançado e eles também continuaram mesmo que quase cedessem.

Irwin Hamilton

O interesse pelo lugar nunca deixou de existir, mesmo com todos os fracassos. O mistério foi mantido vivo por pessoas como Irwin Hamilton, que dedicou muito do seu tempo investigando o lugar. Suas pesquisas confirmaram que algo guardado naquele lugar. É como se fosse uma história que tivesse um final aberto, você poderia criar seu próprio final.

Como Irwin alimentou a curiosidade daqueles que vieram depois. Dessa forma as falhas foram registradas, a busca continuou, e mais pessoas tentaram encontrar o tesouro. Lembrando que a cada tentativa mais perguntas eram respondidas,  e a cada tentativa, os pesquisadores se aproximavam ainda mais do tesouro. Como os irmãos fizeram parte da última equipe a tomar iniciativa, parecem estar mais próximos do sucesso.

A Tripulação

Rick e Marty estavam em boa companhia. A equipe tinha habilidades, experiência e conhecimento e tinha certeza de que a ilha poderia desistir do mistério. A Ilha poderia revelar seu segredo. Craig Tester (colega de quarto de Marty na faculdade), Dan Blankenship, e seu filho David fizeram parte da equipe. A equipe que eles construíram foi mais que suficiente porque todos eles tinham a experiência para trabalhar naquele assunto.

Quando você monta sua equipe, especialmente para uma caça ao tesouro, cada membro da equipe precisa desempenhar um papel vital. Assim, todo especialista na área também tem que trabalhar em conjunto para cumprir o objetivo. A tripulação que os irmãos construíram fez com que cada membro fizesse sua parte e também misturaram suas crenças e esforços para ter sucesso na caçada.

Pai e filho

Don Blankenship era o famoso caçador da Nova Escócia e era frequentemente chamado de “lenda viva”. Ele deixou seu negócio de empreiteiros para Oak Island. Supostamente, ele estaria dedicando sua vida para desvendar o mistério. Seu filho seguiu seus passos, e agora ambos ajudam seu sonho a seguir em frente. O que é melhor sobre os esforços da família é que é como uma jornada contínua, mesmo após o auge.

É certo dizer que a maçã não caiu longe da árvore, já que eles tinham os mesmos objetivos em mentet. O sonho de Dan foi transmitido para seus filhos. Ele tinha o sonho de finalmente encontrar o tesouro e sabia que seus filhos queriam seguiriam trabalhando para a realização do sonho de seu pai.

Uma ideia engenhosa

Tinha sido difícil tirar água do Poço do Dinheiro no passado. Portanto, Craig pensou em congelá-lo, e a equipe de Lagina gostou da ideia. Dessa forma, seria mais fácil realizar as escavações. A ideia era fazer com que a terra se tornasse mais firme, e dessa forma, eles pudessem fazer a remoção da terra. Finalmente, após a remoção da terra, eles chegariam ao fundo do poço.

O poço do dinheiro é muito mais profundo do que você pensa. Algumas pessoas continuavam dizendo que poderiam ter nadado até a profundidade, mas a realidade é que é escuro, profundo e perigoso, portanto, tentar nadar não é apenas um desafio, mas quase impossível. Congelá-lo foi uma ideia brilhante e, eventualmente, a melhor que eles tiveram.

Os Irmãos Lagina

Desde a infância, os irmãos eram caçadores de tesouros. Portanto, era uma questão de tempo até que um mistério de caça ao tesouro os chamasse e os fizesse investigar a fundo aquele segredo. Era evidente que, como já estavam fascinados em procurar qualquer tipo de tesouro, encontrar o melhor era o objetivo final.

Eles sabiam sobre Oak Island desde cedo e como já estavam com fome de descobrir a verdade por trás daquela ilha, era evidente que quando crescessem também estariam na busca desvendar aquele segredo. O que tornou ainda melhor é que, como eram irmãos que tinham o mesmo objetivo, não estavam sozinhos na empreitada.

10 anos

Com apenas 10 anos, Ricky Lagina estava morando em Kingsford. Ele acabou encontrando uma pedra de granito e tentou descobrir se havia algum tesouro embaixo dela. Foi uma ocasião importante, embora ele não tenha encontrado nada. Era como se ele encontrasse a pedra que continha a espada do Rei Arthur e o que estava embaixo dela teria sido valioso.

Acontece que a enorme pedra era mais valiosa do que o que eles teriam encontrado embaixo dela, que era apenas mais terra do que eles esperavam. Não era tão interessante, mas a busca já era excitante o suficiente para alimentar a fome por mais aventuras como tal. Os irmãos então assumiram novo desafio: Oak Island.

A parceria

Esses irmãos queriam comprar uma participação na ilha para perseguir seu sonho. Eles fizeram isso em 2006, comprando cerca de metade dos passeios em Oak Island. Dan Blankenship era dono da outra metade e fazia parte da equipe. Ambos sabiam que tinham que colaborar com todos os membros da equipe. O esforço necessário para encontrar o tesouro exigiria mais do que apenas os irmãos.

O que melhorou foi que as parcerias que construíram ao longo do tempo levaram à equipe e também fizeram parcerias com grandes organizações e investidores que ajudaram em sua jornada. Comprar os passeios foi mais o primeiro passo, já que eles precisavam da ilha para si se quisessem cavar e escavar a terra para encontrar os tesouros escondidos.

Mais do que eles pensavam

Marty era cauteloso e não queria tirar conclusões precipitadas quando realizaram as descobertas iniciais. No entanto, as evidências sugerem que alguns eventos significativos aconteceram no passado. No entanto, ele não podia deixar de ser otimista. Eles começaram encontrando pequenos tesouros, mas sabiam que não era tudo o que encontrariam.

Sua vontade de ir ainda mais longe foi alimentada pelas descobertas iniciais. Os irmãos sabiam que se fossem capazes de encontrar algo durante os primeiros meses de sua caçada, haveria ainda mais para descobrir se investissem mais tempo e esforço nisso. O que eles acabaram fazendo com o tempo e o que eram capazes de fazer com as pessoas que trabalhavam com eles.

Como isso começou

A primeira indicação de tesouro em Oak Island aconteceu no século XVIII. Daniel McGinnis era um menino e encontrou cicatrizes não naturais em um dos carvalhos. Ele pensou que era de um sistema de corda e polia. Então, ele viu uma depressão de 5 metros e pensou que algo estava enterrado lá. Ele contou a seus amigos, e eles começaram uma escavação de décadas.

O que despertou seu interesse é que havia mais nas árvores do que as pessoas viam. Se tivessem se permitido interromper a busca, não teriam encontrado o que encontraram ao longo do tempo. Pequenos tesouros, artefatos maiores e afins já eram um passo na direção certa que alimentava a curiosidade dos que vinham depois deles.

As escrituras

Alguns anos depois, a Onslow Company tentou terminar o que aqueles três amigos começaram. Embora seus esforços não tenham sido bem-sucedidos, eles encontraram umas escrituras em uma pedra. Finalmente, depois de um século, a mensagem foi traduzida. Eles estavam caminhando na direção certa.

Um auto-proclamado especialista acreditava que partes do que foi escrito diziam: “40 pés abaixo, 2 milhões de libras estão enterradas”. Alguns tomaram isso para confirmar que havia um tesouro enterrado na ilha. Mas era verdade? Todos sabemos que as escrituras antigas fazem a diferença em relação ao que aconteceu no passado e ao impacto que isso tem em nossa sociedade atual.

Teorias estranhas

Oak Island também foi palco de teorias malucas. Alguns teorizaram que o tesouro era de Maria Antonieta. Outros achavam que Francis Bacon e Shakespeare deixaram os tais manuscritos. Independentemente disso, a maioria das teorias capturou a imaginação das pessoas, embora nenhuma tenha sido confirmada. Assim como as teorias, elas só são comprovadas se houver dados por trás delas.

Houve até histórias que ficaram evidentes para a busca porque havia provas suficientes de que a busca no passado estava contribuindo bem para o que está acontecendo atualmente. O buraco do dinheiro ou o poço do dinheiro que foi visto na ilha também fazia sentido, pois foi dito nas escrituras antigas que havia algo ali. No entanto, ninguém nunca tinha encontrado o tesouro.

O eixo de madeira

Os irmãos Lagina encontraram o poço forrado de madeira, e pensam que foi construído em 1805 pelos primeiros que localizaram o Poço do Dinheiro. Eles descobriram cerca de 600 artefatos históricos desde que começaram sua aventura em Oak Island. 600 artefatos de boa qualidade, mas que não eram o que eles estavam procurando.

Os irmãos sabiam que as evidências que eles tinham ]não estavam relacionadas aos 600 artefatos encontrados. No entanto, elas provaram que havia uma possibilidade e eles precisavam ir mais a fundo nessa busca. Felizmente, sua busca foi benéfica, pois eles descobriram que, se continuassem a chegar ao fundo de tudo, seriam recompensados.

Ossos Humanos

Uma descoberta significativa no poço foi um osso humano. Eles especularam ser de alguém com ascendência do Oriente Médio. Outro osso foi encontrado para ser de ascendência europeia. Através de sua pesquisa, Marty levantou a hipótese de que eles eram dos Cavaleiros Templários. Claro, se havia um tesouro escondido, isso significa que alguém teve que colocá-lo lá.

Até os irmãos encontrarem o tesouro, eles sabiam que, se quisessem escondê-lo da curiosidade do público, teriam que manter as informações bem-guardadas. A grande coisa sobre o tesouro é que você só entenderá o valor por trás de tudo após encontrá-lo e descobrir o que ele representa. Então, não faria sentido revelar a descoberta, sem saber o propósito por trás dele.

Ninja Localizador, Gary Drayton

Gary Drayton foi uma adição divertida à equipe Lagina. Ele foi apelidado de “ninja detector de metais” por aqueles que estão familiarizados com o trabalho que ele faz. Ele é frequentemente considerado como alguém que pode encontrar coisas que outros não podem. Obviamente, a detecção de metais já era um desafio em si, mas Gary era um mestre nessa arte.

Ele definitivamente teve que colocar suas habilidades à prova e usá-las para a equipe. Antes de The Curse of Oak Island terminar sua quinta temporada, Gary e os Laginas acabaram encontrando algo bastante notável. Ele foi testado quando encarregado de descobrir o que eles desenterraram, mas o que foi incrível é que ele não desistiu de entender o que era.

Reescrevendo a História

Gary e os irmãos encontraram algo significativo o suficiente para reescrever a história. A pequena cruz tinha um buraco no topo, e era datada entre 1200 e 1600. Havia também uma pedra com letras gregas, lembrando Rick de uma prisão templária. Inicialmente, eles acreditavam que aquilo era um pedaço de rocha sem valor.

Os artefatos pareciam se encaixar no contexto das teorias que ligavam Oak Island aos Cavaleiros Templários. O programa alegou que, se fosse estabelecida a prova de que os membros estiveram na América do Norte sete séculos atrás, isso poderia mudar a história do mundo. O que sabemos hoje pode mudar com apenas uma pequena descoberta, pois libera o potencial de uma variedade de histórias.

A Deusa Fenícia e os Templários

Zena Halpern, a historiadora, propôs outra opção para as origens da cruz. Ela disse que poderia retratar a deusa fenícia chamada Tanit. Isso pode significar que os Templários reverenciavam a deusa da saúde e da fertilidade, o que pode virar a história de cabeça para baixo. A cruz em si já era uma forma de alterar a história, mas entender o significado por trás dela significava mais.

A partir daí, mais teorias surgiram, e elas pareciam absurdas. Uma explicação da origem da cruz também foi proposta. Ela poderia ter sido usado como uma forma de contrabando de ouro.  Como isso é possível?! Era realmente uma cruz ou era mais uma ferramenta para desbloquear algo? Uma chave talvez, ou melhor ainda, se fosse feita de materiais preciosos.

Enseada de Smith

Jack Begley afirmou que a cruz estava coberta de chumbo. No entanto, quando foi raspada, havia ouro na sua parte interior. Ele diz que o grupo pode ainda estar em Smith’s Cove, ou pode ter sido transferido para lá no passado. Encontrar ouro pode ter sido um grande achado, mas a verdade é havia outros artefatos no mesmo local.

Uma descoberta que os irmãos fizeram é uma pedra com cerca de 400 a 500 anos. A granada de rodolita apresenta uma cor de framboesa, e alguns dizem que confirma a conexão com Maria Antonieta. Rick Lagina afirmou que eles tinham realizado um excelente trabalho, já que encontraram um verdadeiro tesouro. Minerais envelhecidos provam ser mais valiosos ao longo do tempo.

Teorias

No entanto, a granada de rodolita pode ter vindo de vários lugares. A conexão com Maria Antonieta é apenas uma das teorias que cercam a origem da pedra. A partir do design, alguns acham que está ligado ao Arco Real Maçônico e ao Sumo Sacerdote. Todos sabemos que a religião tem um efeito diferente na sociedade em comparação com o que as ciências acreditam.

Os Laginas não se importam se a série for renovada para uma sexta temporada. Eles estão mais focados em desvendar os mistérios da ilha e encontrar tesouros escondidos. Matty Blake apresenta um pós-show sobre sua equipe e afirma que eles certamente continuarão fazendo muitas descobertas. A ondulação de uma descoberta leva a mais

Pedra Estranha

Os Laginas ainda continuam realizando mais descobertas. Eles encontraram outra pedra estranha com entalhes interessantes o que indicava que não era uma pedra comum. Era como se eles estivessem chegando cada vez mais próximo à etapa final de sua busca. Cada artefato encontrado, colocava os irmãos mais próximo do tesouro.

Neste ponto, toda a equipe concorda que tudo o que for encontrado ao redor do Money Pit deve ser investigado minuciosamente. Essa foi uma decisão acertada, porque mais tarde eles tomaram conhecimento de algo surpreendente sobre essa pedra. É como se cada peça tivesse seu valor e quanto mais eles monitorassem, melhores seriam os resultados.

Uma conexão Vikings

Eles trouxeram a pedra para o laboratório e fizeram estudos relevantes. Eles realizaram uma investigação minuciosa na peça. O resultado da investigação era surpreendente! O artefato poderia ter sido usado pelos Vikings. O objeto era algo do qual eles não tinham conhecimento. Era algo que os Vikings usavam.

As descobertas da equipe não se limitaram a pergaminhos e pedras. Durante o trabalho, eles encontraram objetos tubulares que pareciam não naturais ao ambiente. Eles confirmaram que foram feitos pelo homem quando conversaram com Laird Niven, um arqueólogo. Niven disse que eram “placas de tubo.” É como se eles fizessem descobertas valiosas à medida que se aproximavam.

Um cofre

A equipe também desenterrou uma estrutura similar a um cofre. Aparentemente, o objeto tinha sido feito pelo homem. Eles ficaram perplexos e se perguntaram se poderia ser o Chappell Vault, que eles acreditam conter tesouros. No entanto, nada se sabe sobre isso ainda. Como qualquer cofre, você precisa desbloqueá-lo primeiro antes de descobrir o que há dentro dele.

Explorar a ilha foi ótimo para os irmãos, mas eles também ganharam muito dinheiro com o programa de TV que documenta a caça ao tesouro. De fato, os Laginas são donos de parte da ilha, e o público também está interessado em descobrir o que eles descobrem. É como se eles tivessem feito fortuna apenas por buscar tesouros maiores.

Milhões

Não é surpresa para ninguém que os irmãos Lagina valem milhões de dólares. Rick tem cerca de US$ 2 milhões em seu nome, e Marty tem cerca de US$ 50 milhões, então ambos são ricos. Sua valiosa contribuição para o que descobriram pode ter levantado mais perguntas, mas também causaram impacto com sua crença de não desistir da busca.

Quem sabe, pode haver tesouros ainda mais valiosos do que o que o valor que eles ganharam ao longo dos anos. Suas descobertas ao longo do tempo podem ter servido mais do que eles esperavam, porque a maioria dos que tentaram não encontrou nada. 500-600 artefatos, um cofre e ouro. Um feito incrível e uma mudança na história como a conhecemos.

Fonte: Artigo publicado originalmente pelo site www.soo-healthy.com (Clique aqui)

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS