EDITORIAL: É Fake News notícias de que Lula está internado no Hospital Sírio Libanês em estado grave.


Da Redação
Por: Taciano Medrado

Nos últimos dias virilizou nas redes sociais e grupos de Whats app informações inverídicas e mentirosas sobre o estado de Lula. Os boatos diziam que o recém candidato do PT que o “resultado das urnas” apontou como vencedor, com um percentual mínimo de 1,8% em relação ao atual presidente Bolsonaro (PL) diziam que Lula estava internado no hospital sírio Libanês em são Paulo com suspeita de ter sofrido um AVC ou talvez um problema cardíaco, quando na verdade o Lulapetista estava descansando com sua esposa. A socióloga Rosangela, mais conhecida por Janja em Trancoso um pequeno distrito da cidade litorânea de Porto Seguro no Sul da Bahia.

Imagens desmentiram os Fake News e mostraram Lula saindo de uma pousada e se dirigindo a uma aeronave que o levaria a São Paulo onde tem residência.  

O próprio presidente Jair Bolsonaro foi vítima desse radicalismo quando ao revelar que seu exame para Covid-19 deu positivo, manifestações a favor da morte do presidente surgiram e provocaram revolta na população. Uma delas foi de um colunista do jornal Folha de S.Paulo.

No seu texto ele afirmou que torcia para que o quadro se agrave e ele morra” e ainda que a morte do presidente seria “filosoficamente defensável”.

Para os desavisados radicais, o Código Penal afirma que são crimes contra a honra, vida ou a liberdade do Presidente da República, que tem pena aumentada em um terço do que aquelas cometidas contra cidadãos comuns. São crimes contra a honra: calúnia, injúria e difamação. Veja abaixo as penas referentes a ataques ao presidente:

Calúnia: imputar falsamente a alguém algo definido como crime. Pena de um a quatro anos de detenção e multa
Injúria: ofender a dignidade ou o decoro de alguém. Pena de três a nove meses de detenção e multa

Difamação: imputar a alguém fato ofensivo à sua reputação. Pena de um a quatro anos de detenção e multa

Além disso, é punível também a divulgação de mensagens caluniosas e difamatórias quando se sabe da falsidade da mensagem. Assim, segundo Filho, uma mensagem contra a vida do presidente pode ser criminosa caso se enquadre nos casos acima.

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS