IMBRÓGLIO JURÍDICO: TSE confirma desmonetização de canais com conteúdo pró-Bolsonaro. Ministros divergem da decisão:" “não são suficientes para adoção das drásticas medidas” (Carlos Horbach); " suspensão da exibição do documentário seria uma “censura”. ( Raul Araújo)


Da Redação

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) confirmou nesta quinta- feira (20), por maioria, a suspensão da monetização de 4 canais bolsonaristas no YouTube e da exibição do documentário intitulado “Quem mandou matar Jair Bolsonaro?”, produzido pelo site Brasil Paralelo.

A decisão foi dada pelo corregedor geral eleitoral, ministro Benedito Gonçalves, na terça-feira(18. A campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com um pedido de investigação de um suposto “ecossistema de desinformação”.

Quatro ministros votaram a favor de confirmar a decisão do corregedor. Os ministros Raul Araújo e Sérgio Banhos divergiram parcialmente, liberando a exibição do documentário. Carlos Horbach votou para rejeitar a decisão.

“Censura”

Em seu voto, Horbach disse que os elementos apresentados pela campanha de Lula “não são suficientes para adoção das drásticas medidas”. 

O ministro Raul Araújo disse que a suspensão da exibição do documentário seria uma “censura”. 

“Não se conhece o teor do documentário a ser exibido às vésperas da eleição. Sem que se saiba o teor, não se admite o exercício da censura sobre pensamento ainda não divulgado, sob pena de se estar a presumir o conteúdo”. 

O magistrado disse que o Judiciário deve “atuar com toda parcimônia, cuidado e até timidez”. 

“Nesse campo delicado, devemos observar a forma de ação bem típica do Judiciário, distante de qualquer autoritarismo.” 

SEMPRE ELE!

Já o presidente da Corte, Alexandre de Moraes, disse que o chamado “ecossistema de desinformação” é composto por “pelo menos duas dúzias” de pessoas que vem sendo investigadas pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

“[Estão sendo investigadas] exatamente por que fazem isso, montaram um chamado gabinete do ódio”, declarou. “Esse termo foi cunhado por um ministro de Estado numa entrevista a jornalistas. Ele disse que havia um gabinete do ódio ao lado do gabinete dele no Palácio do Planalto que atuava contra ele.” 

Com informações do poder 360

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS