GOVERNO FEDERAL: Ministro da Economia Guedes propõe Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-caminhoneiro de R$ 1.000, diz site

© Wilson Dias / Agência BrasilO Pix Caminhoneiro, de R$ 1.000, cobre a alta do preço do diesel, segundo o ministro da Economia Paulo Guedes Wilson Dias / Agência Brasil

O valor do Auxílio Brasil deve aumentar de R$ 400 para R$ 600. Além disso, o governo vai lançar o Auxílio-Caminhoneiro de R$ 1.000, batizado de “Pix Caminhoneiro”, para cobrir a alta do preço do diesel, segundo o ministro da Economia Paulo Guedes. Pelas contas do governo, esse valor pode ajudar a diminuir em 20% o custo médio dos caminhoneiros por mês. As informações são do Uol.

Guedes também defende dobrar o valor do auxílio-gás, atualmente de R$ 53. As ações devem custar R$ 29 bilhões e já estão sendo discutidas com os líderes dos partidos no Congresso.

O governo pretende colocar essas medidas no lugar da proposta que prevê a compensação financeira aos estados que zerarem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis até o fim do ano.

Para o ministério, a compensação do ICMS teria poucos benefícios no curto prazo e, com a troca, não seria preciso depender dos governadores para conseguir reduzir os preços dos combustíveis na bomba. Para a base do governo federal, os governadores estão judicializando a questão do ICMS e politizando o discurso.

O Ministério da Economia estima que o aumento do Auxílio Brasil teria um custo de R$ 22 bilhões para o Tesouro. Já o Auxílio-Caminhoneiro custaria R$ 5 bilhões.

Os recursos seriam cobertos por dividendos extraordinários a serem recebidos pela União de estatais, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Ao todo, considerando todas as estatais, o ministério espera que a União receba mais de R$ 20 bilhões em dividendos extraordinários.

O governo rebate as críticas de que as medidas, que terão validade só até 31 de dezembro, têm caráter eleitoral. Segundo o governo, ao debater no Congresso a ampliação de benefícios sociais, em meio a uma crise de fome no Brasil, a oposição teria pouco espaço para votar contra as medidas.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com  / Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS