Trabalho de combate ao Aedes aegypti é intensificado em Juazeiro durante mutirão neste sábado

Foto: Pedro Ângelo

As equipes de Endemias da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), não param. Neste sábado (14), os agentes intensificaram o trabalho de busca ativa de larvas do mosquito Aedes aegypti e realizaram orientações aos moradores do bairro Santo Antônio durante o mutirão de combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Cerca de 80 agentes de endemias percorreram todo o bairro. “O bairro Santo Antônio foi selecionado para este mutirão por conta do alto número de casos notificados, tanto de Chikungunya quando de dengue. Deste modo, a gente achou necessário fazer esta ação, até mesmo porque já foi feito o trabalho de bloqueio do mosquito com o fumacê. Então para fechar este ciclo aqui neste bairro, a gente está fazendo de forma intensificada a visita domiciliar e a orientação para a população, para que evite o aparecimento de novos focos do mosquito Aedes aegypti”, destacou o supervisor do Núcleo de Endemias, Diego Alves da Silva.

A casa de Rogério Araújo foi visitada pelas equipes. Ele conta que toma os cuidados porque tem medo das doenças causadas pelo mosquito. “Aqui a gente não deixa água parada nem nos ralos. Tudo é tampado. A gente passa repelente. Tem que ter o cuidado”, disse Rogério.

Dona Alice Borges abriu as portas para os agentes de endemias da Prefeitura de Juazeiro. “Se tem uma coisa que a gente precisa é ter cuidado. Às vezes pode acontecer de uma hora a gente facilitar e deixar uma água parada, mas é preciso ficar atento.  A gente faz a parte da gente e os outros tem que fazer a sua parte também”, declarou a moradora do bairro Santo Antônio.

Carmem Dolores Lima mora no bairro Santo Antônio há mais de 60 anos. Ela conta que frequentemente recebe as equipes de Endemias que realizam o trabalho de combate ao mosquito. “Eu limpo tudo direito. Jogo água sanitária nos ralos”, disse a moradora que ficou feliz com o mutirão realizado no bairro que ela tem tanto carinho.

Dados

De acordo com o Núcleo de Combate às Endemias, da Secretaria de Saúde de Juazeiro, (Sesau), 95% dos focos do mosquito Aedes aegypti encontrados durante vistorias das equipes estão dentro de quintais das residências visitadas.

’Dengue Zap’

A Prefeitura de Juazeiro também disponibilizou um número de WhatsApp para receber informações sobre possíveis focos do mosquito Aedes aegypti. O contato do ‘Dengue Zap’ é (74) 9 8827-9832. Ele funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e recebe apenas mensagens.

Ascom Sesau PMJ

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com  / Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS