GRIPE H3N2: O que é, sintomas, transmissão e tratamento. Saiba tudo!

 


Da redação

O vírus H3N2 é um dos subtipos do vírus Influenza A, também conhecido como vírus do tipo A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum, conhecida como gripe A, e pelos resfriados, uma vez que é muito fácil de ser transmitido entre pessoas por meio das gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

O vírus H3N2, assim como o subtipo H1N1 da Influenza, provoca os típicos sintomas de gripe, como dor de cabeça, febre, dor de cabeça e congestão nasal, sendo importante que a pessoa repouse e beba bastante líquidos para favorecer a eliminação do vírus do organismo. Além disso, pode ser recomendado o uso de remédios que ajudam a combater os sintomas, como o Paracetamol e Ibuprofeno, por exemplo.

Apesar do H2N3 ser também um subtipo do vírus da Influenza A, não está relacionado com os sintomas de gripe nas pessoas, já que apenas infecta animais. Por isso, é mais provável que os sintomas estejam relacionados com a infecção pelo H3N2 ou H1N1.

Principais sintomas

Os sintomas de infecção pelo vírus H3N2 são os mesmos da infecção pela infecção pelo vírus H1N1, sendo eles:

Febre alta, acima dos 38ºC;

Dor no corpo;

Dor de garganta;

Dor de cabeça;

Espirros;

Tosse,

Coriza;

Calafrios;

Cansaço excessivo;

Náuseas e vômitos;

Diarreia, que é mais frequente de acontecer em crianças;

Moleza.

O vírus H3N2 é mais frequente de ser identificado em crianças e em idosos, além de também poder infectar mais facilmente mulheres grávidas ou que tiveram o bebê em pouco tempo, pessoas que possuem o sistema imunológico comprometido ou que são portadores de doenças crônicas. 

Faça o teste online para saber se pode estar com H3N2.

Como acontece a transmissão

A transmissão do vírus H3N2 é fácil e acontece por meio do ar através de gotículas que ficam suspensas no ar quando a pessoa gripada tosse, fala ou espirra, além de também poder acontecer por meio do contato direto com pessoas infectadas.

Os vírus H2N3 e H3N2 são iguais?

Apesar de ambos serem subtipos do vírus Influenza A, os vírus H2N3 e H3N2 não são iguais, principalmente relacionado à população acometida. Enquanto que o vírus H3N2 está restrita às pessoas, o vírus H2N3 está restrita aos animais, não tendo sido relatado casos de infecção por esse vírus em pessoas.

Qual a diferença entre a gripe H3N2 e a COVID-19?

Apesar de serem doenças respiratórias agudas causadas por vírus, a gripe H3N2 e a COVID-19 são situações distintas. Além de serem causados por vírus diferentes, vírus H3N2 no caso da gripe e SARS-CoV-2 no caso da COVID-19, o início dos sintomas e intensidade também são diferentes:

Como é feito o tratamento

O tratamento para a gripe causada pelo vírus H3N2 tem como objetivo promover o alívio dos sintomas, podendo ser recomendado:

Repouso;

Consumo de líquidos durante o dia;

Alimentação leve e de fácil digestão;

Uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, como o Paracetamol e o Ibuprofeno, respectivamente;

Uso de medicamentos antivirais, em alguns casos, para diminuir a taxa de multiplicação do vírus.

Além disso, é importante que durante o tratamento para a infecção pelo H3N2, a pessoa permaneça em isolamento por cerca de 7 dias para evitar a transmissão para outras pessoas. Entenda como é feito o tratamento da gripe.

Como prevenir

Para prevenir a infecção pelo vírus H3N2, é recomendado que a pessoa com sintomas gripais, permaneça em isolamento por 7 dias, pois assim é possível prevenir a transmissão do vírus para outras pessoas. Além disso, é indicado que seja utilizada máscara facial e que as mãos sejam devidamente desinfetadas e higienizadas.

É importante também evitar permanecer muito tempo em ambiente fechado com muitas pessoas, evitar levar as mãos aos olhos e à boca antes de lavá-la e evitar ficar muito tempo próximo de uma pessoa gripada.

É possível também evitar a transmissão desse vírus por meio da vacina que é disponibilizada anualmente durante campanhas do governo e que protege contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B. A recomendação é a de que a vacina seja tomada todos os anos, principalmente por crianças e idosos, já que essa infecção é mais comum nesse grupo. A dose anual é recomendada porque os vírus podem sofrer pequenas mutações ao longo do ano, se tornando resistentes às vacinas anteriores

Fonte: site tuasaude.com

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS