LULA X ALCKMIN - PARTE II - “fujão” e “covarde” ; “Quer voltar à cena do crime”

Foto: O Globo 
Por: 
 Taciano Gustavo Medrado Sobrinho
Redator- chefe

Olá carissimo(as leitore(a)s, 

Tão logo o "afair"  entre o  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido) foi assumido publicamente ensaiando  uma aliança na disputa pelo Palácio do Planalto, os seus opositores começaram a trazer a tona os ataques mútuos entre os dois ferrenhos adversários  políticos, o que já era de conhecimento do povo brasileiro, mas que agora se faz necessário relembrar. 

Veja alguns dos ataques de Alckimin a Lula : 

"Chefe de quadrilha"

Em 2006, no período de campanha, Alckmin disse que, diferentemente de Lula, ele não “convivia com o crime” e acusou o ex-presidente petista de “chefe de quadrilha” em relação ao escândalo do mensalão. Segundo o então candidato tucano, "o que os brasileiros viram nos últimos anos não tem paralelo na história - nunca houve tanta desfaçatez e tanto banditismo em esferas tão altas da República".

“Que tempos são esses em que um procurador-geral da República denuncia uma quadrilha de 40 criminosos que tem na lista ministros, auxiliares e amigos do presidente? Que tempos são esses em que cada vez que ouvem uma notícia sobre a quadrilha dos 40, os brasileiros pensam automaticamente em silêncio: ‘e o chefe, onde está o chefe, o líder dos 40 ladrões’”, disse o ex-governador em um comício em Minas Gerais, em 2006.

No mesmo ano, Alckmin disse que o PT tinha associação com o PCC em São Paulo. Ele chamou Lula de “fujão” e “covarde” por não aparecer em um debate após as primeiras reportagens sobre o mensalão. “Há indícios, sim [de associação]. Basta você olhar manifestos do PCC, o que eles dizem sobre a política e coisas que se diz que eles dizem, inclusive nas gravações. Eu não diria que há provas, mas isso merece ser investigado”, disse. 

“Quer voltar à cena do crime”

Em vídeo publicado no ano de 2017, Alckmin faz ataques ao histórico de Lula. O discurso de Alckmin foi gravado em convenção nacional do PSDB, ocasião em que foi oficializado como presidente do partido. Em sua fala, ele afirmou que Lula “quer voltar à cena do crime” ao tentar retornar ao poder.

Em uma gravação de  2017, Alckmin, em evento de pré-campanha, diz que os brasileiros "estão vacinados" contra o modelo lulopetista. "Vejam a audácia dessa turma. Depois de ter quebrado o Brasil, Lula diz que quer voltar ao poder, ou seja, quer voltar à cena do crime. Será que os petistas merecem uma nova oportunidade? Fiquem certos de uma coisa: nós os derrotaremos nas urnas", disse o ex-governador, que se candidatou à Presidência em 2018 pelo PSDB.

Fonte

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS