SEC aciona PGE para auxiliar professora intimada por 'doutrinação feminista'

Da Redação

A Secretaria de Educação da Bahia (SEC) informou que acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para prestar assistência jurídica à professora de Filosofia que foi intimida a prestar depoimento na Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente por “doutrinação feminista” no Colégio Estadual Thales de Azevedo, em Salvador .

Em nota, a pasta informou que o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, acompanhado pela assessoria jurídica da SEC, se reuniu com a servidora, o corpo docente e os gestores escolares na unidade escolar, na manhã desta sexta-feira (19).

No comunicado, a secretaria destacou que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) “assegura o respeito à liberdade e o apreço à tolerância, além de garantir o livre exercício da docência”. A pasta acrescenta que “os conteúdos ministrados pela professora em sala de aula estão em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Referencial Curricular do Estado e são acompanhados pela Coordenação Pedagógica da escola”.

Também por meio de nota, a direção do colégio repudiou a ação justificando que a “intimação policial direcionada à professora censura seu exercício laboral e afronta todo o corpo docente”. A instituição ainda pediu apoio das entidades que militam em defesa da educação.

A APLB informou que o corpo jurídico do sindicato foi acionado atendendo o apelo de um grupo de professores que relatou perseguição de uma estudante contra uma das professoras de Filosofia por conta da profissional apresentar temática nas aulas referentes a questões de gênero, racismo, assédio, machismo, diversidade.

Ainda de acordo com a APLB, no mês de agosto foi realizado um seminário online pela escola e após o evento um grupo de estudantes e seus responsáveis expediram uma nota atacando os professores e palestrantes. Em outra ocasião, durante uma aula remota da disciplina de Inglês, a mãe de uma estudante, a mesma que deu entrada na queixa contra a professora de Filosofia, invadiu o espaço da aula online para inquirir e exigir explicações sobre a temática, que segundo ela seria inadequada por se tratar de feminismo.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS