Justiça condena Esporte Club Vitória a pagar R$ 800 mil a jogador Nickson

 


Da   Redação

A Justiça condenou o Vitória a pagar R$ 800 mil ao meia Nickson. A sentença da juíza Edlamar Souza Cerqueira, da 17ª Vara do Trabalho de Salvador, foi publicada na quarta-feira (6). A decisão cabe recurso. As informações são repórter  Glauber Rocha do Bahia notícias.

Nickson acionou a Justiça para cobrar salários atrasados e não recolhimento do FGTS. O atleta recebia R$ 30 mil por mês. Os débitos se iniciaram na gestão de Paulo Carneiro, a partir de maio de 2019.

Em agosto, Nickson havia conseguido se desvincular do Vitória. Seu contrato iria expirar em dezembro deste ano.

ENTENDA O CASO

O meia-atacante Nickson não é mais jogador do Vitória. Após uma longa batalha judicial que se iniciou em dezembro do ano passado, o atleta conseguiu uma liminar no Tribunal Regional do Trabalho da 5 Região (TRT-BA) para se desvincular do clube. Ele alegou salários atrasados e valores não recolhidos do FGTS. 

A rescisão contratual de Nickson com o Vitória foi publicada na  sexta-feira (6) no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol.

Revelado nas divisões de base do Vitória, Nickson tem 23 anos e estreou na equipe principal do Leão em 2014, quando tinha 17.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS