Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Juazeiro emite nota em apoio à família da professora Élida Márcia

Professora Élida /Márcia, assassinada em 2019 - foto: redes sociais 
Da   Redação

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Juazeiro (CMDDM), composto por representantes do poder público e da sociedade civil, ciente do júri popular de dois dos suspeitos de envolvimento no homicídio da professora Élida, que ocorrerá nesta quinta-feira (02), manifesta seu apoio à família da professora. Élida Márcia de Oliveira Nascimento Souza foi assassinada a tiros, na frente da sua filha de 02 anos, em fevereiro de 2019.  O crime brutal comoveu toda a sociedade Juazeirense.
 
Clamamos por justiça e pedimos que os responsáveis pelo crime sejam devidamente condenados. Sabemos que ainda há dois suspeitos foragidos e desejamos que esses também sejam punidos de acordo com a lei.

À família de Élida Márcia expressamos nossa solidariedade e nos colocamos à disposição

Anne Azevedo – presidente do CMDDM

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.co

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS