CORONAVÍRUS: Pesquisadores do Imperial College de Londres no estudo “React-1” afirmam que Imunizados com Pfizer e AstraZeneca têm menos risco de infecção pela variante Delta

Da   Redação

As pessoas que receberam duas doses das vacinas contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech e Oxford/AstraZeneca correm cerca de 50 a 60% menos risco de infecção pela variante Delta do Coronavírus, incluindo casos assintomáticos. O fato foi identificado por pesquisadores Imperial College de Londres no estudo “React-1”.

O estudo, publicado nesta quarta-feira (4), analisou dados de mais de 98 mil voluntários na Inglaterra e a partir disso identificou que aquelas pessoas que relataram receber duas doses dessas vacinas tinham metade da probabilidade de testar positivo para Covid-19.

Conforme reportagem de O Globo, ao considerar apenas os pacientes que tinham sintomas da doença, a efetividade aumentou para cerca de 59%.

Os pacientes foram observados entre 24 de junho a 12 de julho, período em que a variante Delta já havia prevalecido sobre a variante Alfa, anteriormente dominante na Inglaterra.


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS