Presidente Bolsonaro é internado em hospital de Brasília,.: "Nada grave", afirma Flavio .

Foto: Divulgação / Redes sociais
Da   Redação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a ser intubado durante o internamento em Brasília, na manhã desta quarta-feira (14). A informação foi divulgada pelo filho do chefe de Estado, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota), que, no entanto, afirmou que o procedimento foi feito por precaução.

“Ele foi, realmente, para uma Unidade de Terapia Intensiva, UTI, para ficar em observação, com cuidados melhores. Ele chegou a ser intubado, sim, para evitar que ele próprio aspirasse o líquido que estava sendo aspirado do seu estômago. Isso já havia acontecido numa das cirurgias passadas que ele fez, por precaução apenas, nada de grave“, afirmou em entrevista à Jovem Pan.

Em meados da tarde, após ser identificada uma obstrução intestinal, Bolsonaro foi transferido para um hospital em São Paulo. Na capital paulista, os médicos vão avaliar se ele será submetido a uma cirurgia de emergência .. 

Entenda o caso

Com um quadro de infecção intestinal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve ser transferido para São Paulo para que seja avaliada a possibilidade de uma intervenção cirúrgica de emergência. A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (14), pelo portal G1.

Em nota enviada à imprensa, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República não esclarece, no entanto, se a transferência será feita ainda nesta quarta. Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, após sentir dores abdominais na madrugada.

De acordo com o comunicado, a obstrução foi identificada pelo cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo, que acompanha Bolsonaro desde o episódio da facada, em 2018, antes das eleições. 

O médico foi chamado a Brasília por conta da internação do chefe de Estado e deve ficar responsável pela avaliação do quadro após a transferência para São Paulo.

"Após exames realizados no HFA, em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência", diz a nota do Ministério das Comunicações.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS