Pesquisa revela que 60% da população não confia na urna eletrônica e que quase 70% quer o voto impresso auditável

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Da   Redação

O IBESP – Instituto de Planejamento Estratégico premiada entre as melhores instituições de pesquisa do Brasil, divulgou, nessa semana, o resultado da análise nacional sobre a confiança dos brasileiros mas urnas eletrônicas e nas vacinas contra a Covid-19 distribuída no Brasil .

O estudo foi realizado no período de 24 a 31 de maio deste ano e foram entrevistadas 1.067 pessoas nas modalidades de pesquisa eletrônica e telefônica.

No quesito “Voce confia 100% nas urnas eletrônica”? para 60,3% dos entrevistados elas não são confiáveis. Os homens são os que mais desconfiam da atual forma de votação. entre eles 62,7% afirmam duvidas dos equipamentos. Já entre as mulheres, o índice cai um pouco mais e registra 52,3%.que suspeitam dos aparelhos.

Quanto maior a idade , maior o nível de desconfiança nas urnas eletrônica. De 45 a 59 anos , 64,5% questionam o resultado informados pelas urnas. A partir dos 60 anos, 63,3 % também não confiam 100% nelas.

Os jovens de 16 a 24 anos fazem parte da faixa etária que mais confia no resultado proposto pelos equipamentos, 66%.

Com relação ao voto auditável, que é o mesmo da urna eletrônica, mas com a impressão do comprovante da votação e visualização do mesmo em um visor da máquina onde logo após o referido comprovante é depositado em uma urna lacrada para futura conferencia, caso suscite alguma dúvida, 68, 8% dos entrevistados se disseram favorável a esse metodologia e 26,8% se posicionarem contra  4,4 % não souberam responder. 

Outro tema abordado na pesquisa foi a confiança na eficácia das vacinas que estão sendo disponibilizadas para a população. Para 23,3% todas são eficazes. Porem, o fármaco da Pfizer é o preferido pelos brasileiros com 23,4% , seguido pelo AstraZeneca/Oxford com 18,5%.. A vacina chinesa CoronaVac tem a confiança de 11,3%, empatando com o percentual de entrevistados que duvidam da eficácia de todas elas. A Jansen aparece com 5,3% , não souberam responder foram 4,9% e apenas 1,5% confiam na sputnik/Russia.


A pesquisa foi realizada nos 26 Estados da Federação e no DF, estratificados de acordo com parâmetros adotado pelo TSE em relação ao sexo, faixas etárias, e escolaridade. A margem de erro adotada foi de 3% para mais ou para menos, considerando um grau de confiança de 95%. 



Com informações do jornal da cidade

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS