Sinjorba critica recomendação do MP-BA contra vacinação da imprensa em Camaçari

Foto ilustração
Da redação
Por: Taciano Medrado

Presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), Moacy Neves classificou como “inadmissível” a recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) para que Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, não iniciasse a vacinação para profissionais da imprensa. O município acatou o pedido e fez o anúncio nesta quinta-feira (3).

Em nota enviada à imprensa, ele criticou a recomendação da promotora Thiara Rusciolelli Souza Bezerra. “A recomendação do MPE à Prefeitura de Camaçari para desrespeitar a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia é inadmissível em um estado democrático de direito. É a primeira vez que eu vejo uma situação como essa, um procurador de justiça recomendar a um prefeito que ele não respeite uma decisão judicial”, afirmou Neves.

Não é a primeira vez que o MP tenta barrar a imunização para profissionais da imprensa. Na última quarta-feira (2), o desembargador Cícero Landim, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), negou o mandado de segurança impetrado pelo parquet, que tentava proibir a vacinação dos profissionais da área mesmo após aprovação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) .

Nesta quinta, a prefeitura de Salvador, após decisão da Corte, a prefeitura de Salvador anunciou que, a partir desta sexta-feira (4), os trabalhadores da imprensa a partir de 40 anos serão imunizados .


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS