ASIA E PACÍFICO: Blogueiro chinês é preso por ‘difamar’ soldados mortos em conflito com a Índia

O influenciador chinês Qiu Ziming, “confessa” seu crime de difamação contra soldados mortos no conflito da fronteira do Himalaia, maio de 2021 (Foto: Reprodução/The Global Times)


Da redação
Por: Taciano Medrado

Um tribunal de Nanjing, na China, condenou o blogueiro Qiu Ziming a oito meses de prisão por “difamar mártires” do confronto com a Índia, ocorrido na região do Himalaia, no ano passado. As informações são do site A Referência.

Qiu teria sugerido que o número de soldados chineses mortos no conflito é maior que a contagem oficial, reportou a Deutsche Welle. Em fevereiro, o exército de Beijing confirmou a morte de quatro oficiais no disputado vale de Galwan.

O influenciador também escreveu na rede Weibo, semelhante ao Twitter, que o comandante 

Qiu está detido desde fevereiro, logo depois de lançar as postagens. A acusação está atrelada a uma nova lei criminal chinesa que proíbe a “difamação de mártires e heróis nacionais”. O homem de 38 anos foi o primeiro preso sob a disposição, em vigor desde março.

O blogueiro também deverá se desculpar publicamente na mídia nacional em dez dias. “Sinto-me extremamente envergonhado de mim mesmo e sinto muito”, disse ao diário estatal chinês “The Global Times”.

Disputa antiga

China e Índia deslocaram 50 mil soldados para os pontos de conflito ao longo da fronteira do Himalaia desde maio de 2020, após a retomada de uma disputa iniciada nos anos 1960. Os dois países demandam as regiões de Ladakh e Sikkim do norte – a chamada Linha de Controle Atual.

A tensão aumentou em junho passado, quando 20 soldados indianos foram mortos em um combate no vale de Galwan, em Ladakh. Um número desconhecido de soldados chineses morreu no confronto.


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

 

 

Combatentes do exército do Afeganistão em operação contra o Taleban na província de Kunduz, ao norte do país, em maio de 2021 (Foto: Reprodução/Twitter/Ministry of Defense Afghanistan)

 

Militantes do Taleban teriam detonado um carro-bomba em frente à base militar e iniciado uma onda de ataq

 

as informações são do site de notícias internacionais 

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS