FALECIMENTO: Paulo Gustavo, estrela da comédia nacional, morre de Covid-19 aos 42 anos

foto reprodução internet/Google
Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, morreu hoje (4) vítima da Covid-19. Ele estava internado na UTI do hospital Copa Star, na zona sul do Rio de Janeiro, devido ao agravamento da doença, desde março. No início de abril, o artista foi submetido ao tratamento por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), semelhante a um pulmão artificial. Mais cedo o blog do professorTM/Erry Justo ja havia publicado materia relatando que o ator ja havia sido declarado um quadro irreversível . Reveja

Além de ator, Paulo Gustavo era comedianteroteirista e produtor. Ganhou visibilidade ao interpretar Dona Hermínia em “Minha Mãe É Uma Peça” entre 2013 e 2019, série de filmes inspirada na mãe do ator. Segundo o site Box Office Mojo do IMDb, as produções arrecadaram mais de R$ 300 milhões de bilheteria. O mais recente longa, lançado em 2019, se tornou o filme de maior renda da história do cinema nacional, arrecadando R$ 143,9 milhões. O segundo longa da série, lançado em 2016, foi a primeira comédia brasileira a ultrapassar a marca de R$ 100 milhões em ingressos vendidos. Com suas produções, Paulo Gustavo atraiu milhões de brasileiros aos cinemas: cerca de 20 milhões de pessoas assistiram aos filmes da série.

Apesar de possuir o recorde de maior arrecadação, o filme de Paulo Gustavo não detém o troféu de mais ingressos vendidos, métrica usada pelo cinema nacional para pautar audiência dos longas. O filme mais recente da franquia, lançado em 2019, levou nove milhões de pessoas aos cinemas, menos do que “Tropa de Elite 2”, por exemplo, que contou com 11 milhões de espectadores. Porém, pela diferença nos valores cobrados pelos ingressos atualmente, a arrecadação de “Minha Mãe É Uma Peça 3” foi maior.

Na TV, Paulo Gustavo estreou no “Multishow” em 2011 com o programa “220 Volts”, produzido por ele em parceria com o amigo Fil Braz. No mesmo canal, interpretou Valdomiro Lacerda em “Vai Que Cola”, ao lado de Samantha Schmutz, Cacau Protásio, Marcus Majella e Fiorella Mattheis. A história também foi levada ao cinema, em 2015. Para a tela grande, Paulo também atuou ao lado de Mônica Martelli em “Os Homens São de Marte” e “Minha Vida Em Marte”.

Paulo Gustavo deixa o marido, Thales Bretas, e dois filhos – Gael e Romeu.

Segue nota da assessoria de imprensa:

“Às 21h12 desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da covid-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. Grande artista, sempre trazendo a alegria através da tela! Mais um vítima dessa doença maldita que muitos dizem não existir, protelando em não usar máscara e todos os cuidados. Esses só saberão a importância desses cuidados quando um ente querido se for.

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS