OPINIÃO: Cidadãos questionam a Câmara de Vereadores e a Procuradoria Geral do município sobre o "suposto" crime de Fake News cometido por um vereador oposicionsita.

Foto reprodução Facebook

Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

Desde do dia que foi viralizado nas redes sociais um vídeo de autoria do  vereador oposicionista Alex Tanuri nas redes sociais e em grupos do Whats app,  que centenas de eleitores tem enviados mensagens para a nossa redação questionando a postura dos vereadores da Câmara de Juazeiro e procuradoria Geral do Municipal sobre o episódio.

Segundo os leitores, na visão deles,  há uma grande possibilidade do edil Alex Tanuri ter cometido crime de pratica de Fake News em plena pandemia do novo Coronavírus, inclusive, supostamente,  tentando instaurar o pânico na população. Relembra os seguidores do blog do professorTM, que existe vigente na Bahia uma Lei “Anti Fake News” aprovada ano passado (2020) pelo governador Rui Costa e também em Juazeiro,  de autoria do ex-presidente da casa Aprígio Duarte, o vereador Alex Tanuri e que inclusive serviu de lastro jurídico para que o ex-prefeito Paulo Bomfim processasse o cidadão Juazeirense Ramiro Cordeiro,  por divulgar em redes sociais uma foto que, supostamente, mostrava um funcionário do SAAE cortando  água de uma moradora em plena pandemia .

De acordo com a opinião dos cidadãos que entraram em contacto com a nossa redação, não basta 4 ou 5 vereadores da situação gravarem vídeos e mostrarem  a população que o senhor Alex Tanuri supostamente havia mentido, é preciso  que o regimento interno da casa Aprígio Duarte seja  acionado e  que,  se abra, se for o caso,  uma sindicância pra apurar se houve não pratica delituosa  por parte do edil e que  o mesmo possa exercer o seu direito constitucional de ampla defesa e do contraditório. Mas que algo tem que ser feito e não  simplesmente ignorar o fato e deixa-lo cair em  "esquecimento",  que existe uma lei de enquadramento em vigor.

Por outro lado, os cidadãos questionam o porque da procuradoria Geral do Municipal também, até o presente momento , não ter se manifestado  quanto a "suposta' agressão sofrida pela prefeita municipal Suzana Ramos.

O jornalismo como instrumento de construção da democracia e da cidadania e do direito a informação,  e  dever de informar,  deixa livre o espaço para  que as pessoas e/ou agentes citados na matéria  exerçam seus direitos de resposta. 


Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS