CAIXA LIBERA NESSE SÁBADO 25 DE JULHO O SAQUE EM DINHEIRO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600,00


Foto ilustração internet

Da:  Redação
Prof. Taciano Medrado

Prezado(a)s Leitore(a)s,

Antes programado para começar a liberação do saque em dinheiro no dia 18 de julho, que foi transferido para 25 de julho, depois que o governo dividiu o pagamento em ciclos. É uma tentativa de organizar melhor o cronograma de pagamento do benefício.
A Caixa Econômica Federal começou a primeira rodada de depósitos em abril, sendo que funcionava por data de aprovação do benefício. O que acontecia era que o trabalhador era aprovado pela Dataprev e enquadrado em grupos que recebiam o dinheiro de acordo com os lotes em determinadas datas.
O modelo incluía os brasileiros que receberam o pagamento da primeira parcela em 9 de abril e que vigorou até a semana passada.
Mas, quando o governo anunciou a prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais dois meses, acabou dividindo o pagamento em cinco parcelas.
Têm direito aos valores os brasileiros aprovados, que se inscreveram no programa até 2 de julho.
Com a mudança, determinada pelo Ministério da Cidadania, os trabalhadores passam a receber as parcelas por data de aniversário em quatro ciclos.
No dia 22 de julho, a Caixa divulgou os dados que mostram que já foram pagos cerca de R$ 128 bilhões para 65,3 milhões de pessoas.

Dois calendários

Com a nova organização, o trabalhador precisa estar ciente de que são dois calendários de pagamentos diferentes:

Bolsa Família: Os beneficiários do programa social; nesse caso as datas do pagamento do auxílio coincidem com as do pagamento do Bolsa Família, de acordo com o número do NIS.

Os demais trabalhadores: esse grupo inclui os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família, mulheres chefes de família e inscritos no Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa.

Em todos os casos, os trabalhadores receberão cinco parcelas do Auxílio Emergencial de R$ 600,00.

Mesmo com a mudança de formato e datas, o auxílio continua sendo liberado em duas etapas, primeiro em depósito na poupança social digital, quando a movimentação só pode ser feita para pagamentos de boletos, contas e compras usando o cartão de débito virtual. Já a segunda etapa é a liberação do saque em espécie, ou seja, em dinheiro vivo, quando o trabalhador pode sacar ou transferir o valor.

Lembrando que os correntistas da Caixa que tem direito ao auxílio de R$ 600 recebe o valor automaticamente na conta de sua titularidade.


Com informações  da Caixa Econômica Federal 

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS