ESPAÇO DO LEITOR : AS CONTRADIÇÕES DOS DECRETOS MUNICIPAIS CONTRA O CORONAVÍRUS "O QUE PEGA E O QUE NÃO PEGA"


Foto ilustração internet

Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Circula nos grupos de whats app e nas redes sociais, e chegou a nossa redação, um áudio onde um cidadão chamado Marcos André  da cidade de Petrolina-Pe, alerta de uma forma  inteligente e questiona,  o que ele chama de incoerência dos gestores públicos municipais .  

O mesmo chama de análise do que PEGA! e o do que NÃO PEGA!  o coronavirus , na visão dos prefeitos . 

Eis suas  citações :

"Na fila do Macro PEGA!  coronavirus , a prefeitura foi lá e interditou . Já na fila das creches para receber o kit da cesta básica do prefeito  NÃO PEGA!  o coronavirus, as filas são imensas "

"Nos ônibus interestaduais e nas Vans PEGA! , é proibido , nem entra e nem sai de Petrolina, Mas nos ônibus coletivos lotados de gente  já NÃO PEGA! , administrado pela prefeitura "

" Nas lojas do comércio, abertas pelo menos para os comerciantes receberem os carnês, pois muitos vendem no carnê , mas as lojas não podem nem abrir pra receber um por um, fazendo a higienização com álcool Gel NÃO PODE!  , porque PEGA!" Mas os bancos que não tiraram os juros dos seus limites de créditos e não vão dar descontos nos seus carnês , ai você pode entrar e pagar porque o vírus NÃO PEGA "

" Restaurantes , bares e lanchonetes, se abrir pra vender PEGA!. Mas já nas feiras livres, administrado pela prefeitura NÃO PEGA! , esta aberta a partir de hoje "

"Trabalhar  em obras públicas , como pátios de eventos do São João , limpeza de rua , outras obras que estão sendo feitas na cidade NÃO PEGA!
Mas se trabalhar em qualquer  outro lugar PEGA!" 

Segundo Marcos André em seu áudio ele faz os seguintes comentários : 

"Gente temos que entender que essa pandemia, vai afetar  muito mais as pessoas , psicologicamente , do que mesmo a própria doença. Temos apenas dois casos registrados em Petrolina, segundo os infectologistas essa curva já foi superada, o vírus não tem como se propagar mais, e nos continuamos com as restrições terríveis e são mais ferrenhas, do que o próprio efeito do coronavirus . Eu não consigo chegar a um denominador comum, do que benéfico ou não para a população , o que vejo  são pessoanos extremamente desesperadas  psicologicamente, principalmente aqueles que não tem salários fixos, aqueles quando vencer o mês não vão ter  lá o dinheirinho na conta pra poder fazer feira e comprar o quiser , que eram as pessoa que trabalhavam num dia pra comer no outro, essas pessoas são as mais vulneráveis e que dependia do poder público, por isso é que eu não  sei o PEGA e o que NÃO PEGA , o que ta pegando é a dificuldade de sobrevivência para todas essas pessoas" . Finalizou.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS