DIREITO DE RESPOSTA Á NOTA DO COMITÊ 98940 SOBRE O CASO ADALBERTO GONZAGA


Foto ilustração internet/Google

Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Em atendimento ao principio democrático  de expressar-se quando qualquer cidadão ou entidade é citada ,  o blog do professor Taciano Medrado publica o direito de resposta sobre nota encaminhada a nossa redação por parte do coordenador do comitê 9840 , o senhor Davi Lima de Souza.

Vejam a nota abaixo!

Usando o direito de resposta!

"RELATO DE DOIS INOCENTES, QUE PEDEM JUSTIÇA PARA OS MATADORES, MAS QUE SEJA PARA OS VERDADEIROS ASSASSINOS.

Os indiciados por envolvimento no crime de homicídio de Adalberto Gonzaga, David Roger Paixão Reis e Gabriel Gomes Amaral, afirmam que as acusações que pesam em seu desfavor baseiam-se em comentários falaciosos que desnortearam o Ministério Público na condução do caso.
A missão policial sobre os agentes do crime, concluiu que um total de sete pessoas, entre os mandantes e executores, participaram do referido crime, sendo que nenhum deles são os acusados. Apesar disso, a denúncia acusou outras pessoas, alheias à situação, o que aparenta, a princípio, desmerecer a missão policial empreendida.
Reitere-se que as descrições dos executores dadas pelas próprias testemunhas oculares, divergem antagonicamente ao tipo físico dos acusados, fato este devidamente denotado na folha 239 do processo criminal. Tal fato demonstra que a denúncia não se baseia nas evidências robustas advindas do brilhante trabalho policial, mas, se respalda em boatos maledicentes.
Ainda, esclareceu os indiciados: “As autoridades estão sendo induzidas a erros que não se sustentarão. Pois as testemunhas são claras em descrever os assassinos e as descrições relatadas em nada se parecem com os indiciados. Temos certeza da nossa inocência e sei que tudo vai se esclarecer.
COMITÊ GESTOR 9840 SE DIZ PREOCUPADO EM FAZER JUSTIÇA, ASSIM FALA O COORDENADOR ESTADUAL, MAS POR OUTRO LADO É NOTÓRIO A SUA TENTATIVA POR UMA JUSTIÇA DE CAPRICHOS PRÓPRIOS E POLITICAGEM EM TENTAR RETIRAR DO CARGO O DIRETOR DO SAAE E ATINGIR O GOVERNO MUNICIPAL E ESTA TENTANDO COM ISSO INCRIMINAR PESSOAS INOCENTES COMO RELATADO A CIMA ( supostos executores ) JÁ ESTIVEMOS O CUIDADO DE ENVIÁ-LO O PROCESSO PARA QUE O MESMO NÃO SEJA INJUSTO QUERENDO TORNA UMA INVERDADE EM VERDADE CONTRA ESSES JOVENS INDICIADOS, AONDE AS TESTEMUNHAS OCULARES DESCREVEM CLARAMENTE AS CARACTERÍSTICAS  DOS ASSASSINOS E QUE SÃO TOTALMENTE DIVERGENTES DOS QUE ESTÃO SENDO INDICIADOS."

David Roger
Juazeiro-BA, 25 de Fevereiro 2020.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV