Ex-ministro da fazenda do governo José Sarney, Mailson da Nóbrega, critica governo Lulapetista? “frustrou as expectativas do mercado financeiro”

Fotomontagem TM
Da Redação

O ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega disse que o Lulapetista “frustrou as expectativas do mercado financeiro” nesse começo de mandato. Segundo ele, economistas esperavam que petista repetisse ações de seu 1º governo.

“Pelas declarações mais recentes, inclusive na parte econômica do discurso de posse, Lula se aproxima do período da Dilma [Rousseff], com visões intervencionistas muito fortes e com uma percepção equivocada do papel das estatais”, disse em entrevista ao jornal Correio Braziliense, publicada nesta 2ª feira (16.jan.2023).

“[É] como se o Brasil voltasse aos anos 1970, 1980, ou mesmo ao período da era da derrama de dinheiro do Tesouro do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] no governo Dilma”, disse Nóbrega. “É o período da nova matriz econômica, das pedaladas, da expansão fiscal e de uma volta das visões protecionistas na economia”, continuou.

“Lula ainda sinalizou com a ideia de reindustrialização, e citou no discurso [de posse], com apoio do BNDES a custos adequados. Em outras palavras, isso é a volta de subsídios financeiros que não levam em conta uma realidade posterior ao 1º mandato de Lula.”

Para o ex-ministro, Lula “parece não ter se dado conta do desafio que tem pela frente”, pois recebe um Brasil com uma situação fiscal que classificou como delicada.

“O discurso dele parece sinalizar que basta ter chegado ao governo para superar uma transformação tal que a felicidade chega, vai ter dinheiro para todo mundo, para reequipar as Forças Armadas, vai ter picanha para os pobres”, disse Nóbrega.

O ex-ministro falou que a “revogação completa do teto de gastos” deve fazer com que o país entre “numa trajetória muito explosiva da dívida pública”.

“Se o Lula tiver uma dimensão adequada da grave situação fiscal do Brasil, verá que, se não resolvida, condenará o país à mediocridade econômica, à inflação, e aos juros altos e, portanto, prejudicando, basicamente, os mais pobres”, declarou.

Nóbrega disse que o pacote de medidas fiscais anunciadas pelo atual ministro da Fazenda, Fernando Haddad, “tem o mérito de procurar reduzir o deficit previsto no Orçamento”. Mas ele falou não saber “se havia demanda dos mercados pela apresentação desse programa, já que o ministro podia ter ficado mais tempo a pensar na proposta”.

Segundo ele, o mercado quer atualmente saber do novo arcabouço fiscal.

O Ministério da Fazenda anunciou na 5ª feira (12.jan) medidas que aumentam a arrecadação e reduzem a despesa do governo federal. As ações teriam impacto de R$ 242,7 bilhões no Orçamento, sendo que R$ 156,3 bilhões seriam com o aumento de arrecadação. Ou seja, via impostos.

Nóbrega disse que a ideia de ter opiniões divergentes pregada por Lula “é uma visão completamente errada” quando se fala de governo. “As opiniões divergentes são importantes no debate público e no seminário acadêmico. No governo, o que deve prevalecer é a unidade”, afirmou.

Apesar disso, o ex-ministro falou em dar “o benefício da dúvida” à nova gestão. “O governo tem apenas duas semanas. Pode ser que, diante das informações que vão revelar uma realidade, Lula reformule os seus conceitos e tome ciência da grande realidade que herdou um país com crescimento medíocre”, afirmou.

“O discurso do ministro do MDIC [Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços], o vice Geraldo Alckmin, foi um discurso correto. É preciso um esforço para reindustrializar o Brasil, porque tudo indica que o país tem uma desindustrialização precoce. Mas tem que atacar o que causou isso”, falou.

Com informações do poder 360

 


Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS