DITADURA INSTITUCIONALIZADA NO BRASIL? Mulher é abordada por usar a bandeira do Brasil no Shopping JK , em SP. Veja vídeo!

Momento em que as duas mulheres (Patriotas) são impedidas de entrarem no Shopping JK Iguatemi-SP

Seguranças do Shopping JK Iguatemi, na zona sul de São Paulo, abordaram uma mulher no sábado (12.nov.2022) por ela estar usando a bandeira do Brasil. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram ela e outras duas pessoas discutindo com os funcionários do centro de compras.

No início do vídeo, a 2ª mulher, que está de branco, mostra uma camisa da seleção brasileira de futebol que parece ter sido comprada no dia. Ela pergunta aos seguranças se não pode vestir a camiseta. “À vontade”, responde o funcionário do JK Iguatemi.

Em seguida, ela aponta para a mulher com bandeira e pergunta qual seria a diferença entre a camisa da seleção brasileira e roupa questionada pelos seguranças. A resposta: “A bandeira, senhora”.

A partir deste momento, um homem se junta à discussão. Afirma que a bandeira é do Brasil: “Se eu quiser sair pelado com a bandeira do Brasil, eu saio”. O segurança responde: “O senhor pode sair lá fora, aqui no empreendimento [shopping] o senhor não pode”.

As duas mulheres dizem que a situação é culpa do “ministro do STF”. Nos 4 vídeos que estão sendo compartilhados nas redes não é possível ouvir nenhum nome. “A senhora está voltando para o lado da política, a gente está falando da política do empreendimento”, diz o segurança.

Nos vídeos não há um desfecho do episódio.

O QUE DIZ O SHOPPING JK IGUATEMI

O Shopping JK Iguatemi divulgou nota neste domingo (13.nov.2022). Disse que “não houve tratamento desrespeitoso ou discriminatório” na abordagem dos seguranças, mas que o fato de alguém vestir a bandeira do Brasil “não configura uma manifestação contrária ao código de conduta do empreendimento”, ou seja, dá a entender que a equipe errou ao dizer que a mulher não poderia passear pelo shopping da forma como estava vestida.

No código de conduta do Shopping JK Iguatemi, há uma determinação que proíbe o ingresso ou circulação de “bandeiras desfraldadas de agremiações de qualquer natureza”. 

O Poder360 procurou o centro de compras para perguntar se isso significa que a bandeira do Brasil está liberada e se um cliente que entrar com a bandeira de um partido político ou clube de futebol será barrado. 

Não houve resposta até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto para manifestação.

Com informações imagens do Poder 360


Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS