CURIOSIDADE: Descubra para que realmente serve o furo que fica na tampa da caneta


Foto reprodução

Da Redação

Canetas são objetos utilizados por nós quase todos os dias e existem em diversos modelos por aí. O modelo de plástico (mais comum entre todos os outros) possui um furo na tampa da caneta. Afinal, você já se perguntou para que serve o furo na tampa da caneta?

Acredita-se que o furo que fica na tampa da caneta seja uma medida para evitar que vazamentos aconteçam ou coisa do tipo. Contudo, não se sabe que na verdade este furo na tampa existe por um motivo bem maior e importante.

E então, você tem alguma ideia para que serve o furo na tampa da caneta? Acompanhe a matéria a seguir e descubra.

Para que serve o furo que fica na tampa da caneta?

As canetas esferográficas costumam ter um furo na ponta. Muitos acreditam que este furo na tampa da caneta sirva para evitar vazamentos, por exemplo. Entretanto, o real motivo pelo qual o furo existe na tampa da caneta é a segurança.

De acordo com o fabricante, o furo na tampa da caneta serve para evitar a asfixia, caso alguém acabe engolindo a tampa acidentalmente. Assim, essa medida serve para reduzir o número de acidentes graves com a tampa.

Segundo o Ministério dos Estados Unidos, cerca de cem pessoas morrem todos os anos asfixiados com tampas de caneta. Primeira a adotar a medida, a Bic inspirou outras fabricantes a fazerem o mesmo, exigindo juntas que o furo na tampa fosse obrigatório em todas as canetas.

O furo localizado na tampa da caneta existe em cumprimento a uma medida de segurança de abrangência internacional, que tem como objetivo reduzir o risco de que crianças e adultos acabem sufocados com as tampas, uma vez que o furo permite a passagem de ar.

Curiosidades sobre o furo na tampa da caneta

O fabricante francês Marcel Bich, não só deu nome a uma das canetas mais famosas do mundo, como em 1950 lançou a primeira versão de suas canetas Bic. Inspirado em um design já elaborado, este fabricante trouxe melhorias funcionais, além de iniciar a produção em massa e de baixo custo das canetas.

Para o melhor controle do fluxo, o fabricante investiu em tecnologia estrangeira para chegar a uma esfera que permitisse que a tinta corresse de forma mais livre. O produto também teve alguns aspectos alterados, para evitar vazamentos e ressecamentos. Foi também ele responsável pelo furo nas laterais das canetas.

Estes furos nas laterais, inclusive, igualam a pressão atmosférica dentro e fora da caneta e, sem ele, não seria possível usar o objeto dentro de um avião ou até mesmo em cima de um prédio muito alto mesmo. Isso porque a diferença de pressão faria a caneta estourar.

Fonte: Concursos no Brasil

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS