Saiba quem é o terceiro desembargador do TJPE que deverá usar tornozeleira eletrônica

 

Sede do TJPE- foto reprodução

Um dia após o Blog do Ricardo Antunes divulgar, com exclusividade, sobre um desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) usando tornozeleira eletrônica, outro magistrado está em vias de colocar o adereço. Trata-se do desembargador Cláudio Jean Nogueira Virginio, acusado de espancar a esposa, agressão e uso de arma de fogo. O processo corre em segredo de justiça no Superior Tribunal de Justiça (STJ), e já está se encaminhando para a conclusão.

Em 2020, Virgínio foi alvo de polêmica, ao se envolver em um acidente de trânsito em Afogados da Ingazeira, no Sertão, sua terra natal. Ele não prestou socorro às vítimas, segundo ocorrência registrada pela polícia na ocasião. Ele dirigia seu carro, um Toyota/Corolla, quando colidiu com uma moto vermelha com um casal. Uma das vítimas sofreu uma pancada na cabeça e foi socorrida por bombeiros. O desembargador deixou a chave de seu veículo com uma testemunha e abandonou o local antes da chegada da polícia.

Se condenado, Virgínio será o terceiro dos 52 desembargadores do TJPE a usar tornozeleira eletrônica. Ontem, apesar das negativas do tribunal em confirmar o caso, o Blog revelou que o desembargador Évio Marques estava fazendo uso do adereço, condenado por agredir a ex-mulher. Ele respondia a pelo menos seis processos referentes ao tema. Já o desembargador Antônio de Melo e Lima está sendo acusado por pedofilia contra seis crianças, também fazendo uso da tornozeleira desde maio.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco confirma o furo do blog do Ricardo Antunes , mas se absteve de responder as perguntas informando que o caso está em segredo de justiça. Ontem, com exclusividade, demos que o desembargador Évio Marques da Silva foi alvo de uma operação da Polícia Federal e está de tornozeleira eletrônica. O caso corre em segredo de justiça, mas no início do ano, a ex-esposa dele o acusou de agredi-la por diversas vezes e disse tê-lo denunciado em seis ocasiões.

É o segundo membro do TJPE a usar tornozeleira. O primeiro foi o desembargador Antônio de Melo e Lima, que foi afastado de suas funções acusado de assédio sexual contra duas crianças. O caso de Évio é até mais grave, tanto que o Blog descobriu que o mesmo também foi afastado de sua função como desembargador do TJPE e da função de desembargador suplente no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, cargo para o qual era indicado pelo TJPE.

Texto de Ricardo Antunes

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com  / Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS