NOTÍCIAS INTERNACIONAIS: Professores no Irã protestam por aumento salarial e melhores condições de trabalho

Educadores se reuniram do lado de fora do escritório do Ministério da Educação para exigir a libertação de colegas presos e a aprovação do projeto de lei para aumentar seus salários (Foto: Twitter/Reprodução)

Da Redação

Uma onda de protestos de professores no Irã, espalhados em mais de 50 cidades pelo país, reivindicam aumento salarial e melhores condições de trabalho. Nas ruas, os educadores têm disparado críticas ao governo, a quem acusam de “indiferença à educação”, segundo informações da Radio Free Europe.

Os manifestantes exigem que o governo estabeleça uma política planejada para professores com base na experiência e no desempenho. Eles também pedem que suas aposentadorias sejam devidamente alinhadas aos salários o mais rápido possível.

Vídeos gravados na capital Teerã e publicados nas redes sociais mostram os educadores fazendo cobranças às autoridades, com frases como “só ouvimos promessas, não vimos justiça” e “Parlamento incompetente, que vergonha”.

No mês passado, sob forte pressão da categoria, o parlamento iraniano aprovou uma lei que aumenta os salários dos professores após vários dias de protestos em todo o país e uma greve ter paralisado o sistema educacional da república islâmica.

As medidas aprovadas pelos parlamentares garantem aos educadores um rendimento que corresponde a cerca de 80% dos salários dos professores universitários, que era justamente uma das reivindicações dos manifestantes.

O ministro da Educação, Yousef Nouri, garantiu que a nova legislação, que teve a proposta levada inúmeras vezes aos parlamento nos últimos anos sem ser aprovada, seria implementada rapidamente após sua aprovação, o que ainda não aconteceu.

Diversos atos foram realizados nas últimas semanas, organizados em cidades como Isfahan, Shiraz, Mashhad, Rasht, Qom e outras localidades. Em alguns momentos a polícia respondeu com agressividade. Três manifestantes foram presos.

Os protestos têm como pano de fundo uma atmosfera de inflação vertiginosa, já que o impacto das sanções aplicadas pelos Estados Unidos ao país após ter abandonadoacordo nuclear em 2018, somado a anos de má administração, atingiu duramente a nação do Oriente Médio.

Com informações do site de notícias internacionais A Referência.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS