CORONAVÍRUS NO MUNDO: OMS alerta para o risco de nova pandemia e vê falhas no sistema global de prevenção

 

UTI exclusiva de pacientes com Covid-19 em Mumbai, na Índia, em maio de 2021 (Foto: Unicef/Bhushan Koyande)

Da Redação

Os esforços globais para reformar o sistema de combate a pandemias têm caminhado num ritmo lento demais. A afirmação foi feita na segunda-feira (22) durante um painel independente sobre o tema organizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Apresentando as conclusões de estudos feitos nos últimos seis meses, Helen Clark, ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, e Ellen Johnson Sirleaf, ex-presidente da Libéria, alertaram que o progresso “desigual” no tratamento da pandemia Covid-19 continua a causar doenças, mortes e perdas econômicas.

As duas líderes convocaram chefes de Estado e de Governo a se unirem por progressos mais rápidos, alertando que já é necessário se preparar para a próxima ameaça global à saúde humana.

Ao avaliar o progresso feito desde maio passado, no caso da Covid-19, o relatório cobriu as áreas de liderança e governança, financiamento, equidade, um novo instrumento legal e uma OMS mais forte. O relatório observou que mais 90 milhões de pessoas contraíram Covid-19, e 1,65 milhão morreram.

Após o mergulho profundo nas respostas a Coronavírus, ação imediata foi recomendada para um pacote de reformas internacionais interligadas para impedir um surto futuro. “Dada a escala da devastação desta pandemia e seu impacto contínuo sobre as pessoas em todo o mundo, o Painel decidiu documentar totalmente o que aconteceu e por quê, e fazer recomendações ousadas para mudanças”, disse Clark.

Infelizmente, a desigualdade da vacina mudou muito pouco. E, nos países mais pobres, menos de 1% da população está totalmente vacinada. Embora os países ricos tenham prometido doações publicamente, Sirleaf observou que “apenas uma fração das doses redistribuídas foi realmente entregue”.

O painel observou que o Conselho Global de Ameaças à Saúde deve alocar e monitorar o financiamento de um novo mecanismo que apoie a preparação e as respostas à pandemia.

São necessários pelo menos US$ 10 bilhões em novos financiamentos anualmente e até US $ 100 bilhões em um pool de financiamento de resposta a uma ameaça de pandemia, segundo o relatório.

Nossa mensagem é simples e clara: o sistema atual falhou em nos proteger da pandemia Covid-19”, disse Sirleaf. “E, se não agirmos para mudá-lo agora, isso não nos protegerá da próxima ameaça de pandemia, que pode acontecer a qualquer momento”.

Conteúdo adaptado do material publicado originalmente em inglês pela ONU News

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS