EDITORIAL: IMUNIZADO SIM! PROTEGIDO, SERÁ?

Por; Taciano Gustavo Medrado Sobrinho
Professor, Engenheiro, Administrador, psicopedagogo e matemático 

O Anúncio da morte do ator Tarcísio Meira, ocorrida nessa quinta-feira (12), aos 85 anos de idade que estava internado desde o dia 6 de agosto no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, por conta da covid-19,  reacende mais uma vez a discussão e a desconfiança em relação a eficácia das vacinas aplicadas contra a covid-19 e em especial com relação a CORONAVAC fabricada pelo instituto Butantã.

Segundo informações da família.  o ator já havia tomado a segunda dose   da vacina contra o coronavirus em março, mesmo assim contraiu a doença que o levou a morte, quando na verdade as duas doses tomadas já deveriam ter imunizado o ator e ter lhe protegido contra o ataque do coronavirus.

Apesar dos especialistas afirmarem  que as mortes após a vacinação são consideradas "eventos raros" é muito importante não só continuar mas intensificar as medidas de proteção (como o uso de máscara) mesmo após a segunda dose.

Recentemente um médico gravou um vídeo onde ele após ter tomado as duas vacinas da CoronaVac realizou testes em um laboratório cujo resultado surpreendente apontava para a suposta ineficácia da vacina. Imediatamente dezenas de ”entendidos “ e autointitulados especialistas na área saíram em defesa da vacina  e escracharam o referido médico,  publicamente.

Diante desses relatos reais e inequívocos de pessoas que estão morrendo após terem tomadas as duas doses das vacinas e em especial da  CoronaVac, quem está certo? Os especialistas ou o medico que provou através de exames a ineficácia da vacina ? a única coisa que os tais “especialista ‘ dizem é que são “eventos raros"? Esse argumento por si bastam? com que fundamentação eles podem afirmar tal conclusão? apresentaram resultados científicos ou é tudo na base do "achismo"?

Em meio a uma enxurrada de incertezas, a única certeza que temos é que devemos continuar praticando os protocolos de prevenção, não relaxar, usar máscaras, álcool em gel, manter o distanciamento social, mesmo após terem tomado as duas doses da vacina e mesmo diante da extinção  por parte dos governos estaduais e municipais dos decretos proibitivos,  e permitindo que alguns eventos que envolvam aglomerações voltem a ocorrer  sem restrição. 

Por fim , você pode está imunizado, mas não necessariamente protegido. Não entre nessa "furada",  pois o resultado  pode não ser dos mais agradáveis.


#usemascaras
#imunizadoprotegidonão
#mantenhadistancai
#usealcooem gel


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS