NÃO ÁS AULAS PRESENCIAIS NA BAHIA : Trabalhadores em educação do município de salvador discutem retomada das aulas presenciais; 85,4% foram favoráveis às propostas apresentadas

 

Da   Redação

A APLB-Sindicato realizou nessa quarta-feira  (21) mais um encontro com os trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Salvador para apresentar o resultado da reunião com executivo municipal, no que diz respeito à retomada das aulas presenciais, o relato da audiência ocorrida com a gestão do município, bem como a apresentação de proposta e uma agenda de lutas.

O secretário da Educação do município, por sua vez, informou oficialmente à direção da APLB-Sindicato que IRÁ ACOMPANHAR A POSIÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO, OU SEJA, O INÍCIO DAS AULAS PRESENCIAIS DEVE TAMBEM INICIAR NO DIA 26/07 E, CASO HAJA A RECUSA DA CATEGORIA, HAVERÁ CORTE DE SALÁRIO.

A direção da APLB-Sindicato fez as articulações junto aos secretários de educação e saúde para a busca do diálogo com o Prefeito Bruno Reis, a fim de apresentar proposta sobre a retomada das aulas presenciais, já que não há concordância para essa posição para o início no dia 26/07.

Assim, 85,4% dos presentes autorizaram a direção da APLB-Sindicato a apresentar, nesta quinta feira, dia 22/07 as seguintes propostas ao Prefeito de Salvador:

Retorno às aulas só com a imunização completa dos trabalhadores em educação;

Para tanto, o executivo municipal deverá apresentar o mapeamento da vacinação de todos os trabalhadores em educação, conforme já solicitado pela APLB-Sindicato;

A partir das informações apresentadas no mapa de vacinação (ciclo completo) dos trabalhadores em educação, o indicativo para o retorno às escolas poderá ocorrer no dia 16/08, quando os professores, coordenadores e equipe gestora estarão nas suas unidades para discutir os protocolos de biossegurança e pedagógico.

Será uma semana importante, onde serão discutidas estratégias de acolhimento, de conhecimento da realidade para esses profissionais, pois muitos deles se encontram emocionalmente desgastados. Será o momento também para todas/os verificarem as condições físicas e estruturais das unidades escolares e se estão cumprindo os protocolos de biossegurança. A APLB irá fornecer um formulário para registrar as informações. Todas/os deverão devolver ao sindicato devidamente preenchido pelo e-mail: aplb.municipal@gmail.com.br;

E na sequencia, no dia 23/08, início das aulas com alunos de forma híbrida;

Será solicitada uma reunião com o secretário da educação, a DIPE, direção da APLB ampliada com três representantes de escola (contemplando professor, coordenador pedagógico, funcionário) e o Fórum de Gestores para discutir a retomada das aulas presenciais no formato híbrido (protocolos de biossegurança e o pedagógico);

Fonte: APLB Sindicato


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS