DÍVIDAS JUDICIAIS: Precatórios a serem pagos pela União em 2022 somam R$ 89 bilhões

 

Da   Redação

Na última semana, o Ministério da Economia foi informado pelo Judiciário sobre o valor de precatórios que deverão ser pagos em 2022: um total de R$ 89 bilhões.

O montante corresponde a 74,6% dos R$ 119,3 bilhões disponíveis no orçamento de 2021 para despesas não obrigatórias. Também representa um aumento de aproximadamente 64% em relação à cifra de R$ 55,5 bilhões destinada aos precatórios neste ano, dos quais pelo menos R$ 43,6 bilhões já foram pagos.

De acordo com o Poder360, R$ 16,6 dos R$ 89 bilhões são fruto de decisões do Supremo Tribunal Federal, proferidas pelos ministros Edson Fachin e Rosa Weber. R$ 15,5 bilhões vêm de ações judiciais de quatro estados relativas ao antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

Além disso, R$ 282 milhões vêm de decisões do Superior Tribunal de Justiça e R$ 291,3 milhões se referem à Justiça do Trabalho. Os valores referentes aos Tribunais Regionais Federais serão divulgados apenas no próximo mês.

Em nota oficial, o ministro Luiz Fux, presidente do STF, afirmou que vai atuar na mediação das dívidas da União reconhecidas pela Corte e que devem ser pagas em precatórios. A necessidade de conciliação foi tratada em conversa entre Fux e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS