Maníaco do DF aguardou 8 anos por transferência para ser julgado por crimes na BA

 

Da   Redação
Por: Taciano Medrado 

Segundo matéria publicada pelo Bahia Notícias dessa quarta-feira (16), após ter matado duas pessoas em Barra do Mendes, na região de Irecê, o baiano Lázaro Souza aguardou oito anos para ser julgado pelo crime, mas fugiu do sistema prisional antes que o julgamento ocorresse. Isso por que, de acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), após os assassinatos em 2008 e sua prisão no ano seguinte, a Justiça determinou julgamento   para 2010, neste meio tempo, Lázaro escapou pela primeira vez do sistema prisional. 

Ainda de acordo com o Bahia Notícias o  MP-BA informou que a Justiça determinou em 27 de abril de 2009 que o denunciado fosse julgado perante o Tribunal do Júri, quando a juíza Dalia Queiroz, da comarca de Irecê, manteve a prisão preventiva de Lázaro e indeferiu o pedido de relaxamento de prisão feito pela defesa. A decisão chegou a ser confirmada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), com parecer do MP favorável

A pronúncia para julgamento no Júri foi confirmada pelo TJ em 2010, mas antes disso Lázaro fugiu pela primeira vez em 2009 do Complexo Policial de Irecê , foi recapturado em 2010 no estado de Goiás, onde ficou preso por oito anos aguardando julgamento. Neste meio tempo, o 'maníaco de Brasília' fugiu mais uma vez, agora da cadeia da Delegacia da cidade de Águas Lindas em julho de 2018, antes de as autoridades cumprirem a determinação judicial de transferência do preso para a Bahia.

Neste mês, na última quarta-feira (9), Lázaro Souza, de 32 anos, teria matado outras quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, na zona rural de Brasília. O acusado teria invadido a residência já disparando tiros contra as vítimas Cláudio Vidal, de 48 anos, e os dois filhos dele, Gustavo Vidal, 21, e Carlos Eduardo Vidal, 15. O foragido também sequestrou Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos, esposa de Cláudio e mãe dos jovens. Ela foi encontrada morta três dias depois em um córrego da região

Ainda de acordo com as informações da Polícia, na última quinta (10), após o crime no DF,  ele rendeu o proprietário de uma fazenda, a filha dele e o caseiro, além de ter roubado um carro em uma chácara. Já no sábado (12), o criminoso atirou em outras pessoas e trocou tiros contra policiais que tentavam capturá-lo. Lázaro segue foragido. 

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS